Um dos casos mais apurados pelas polícias de todo o país envolve briga de casais. Homens e mulheres acabam se desentendendo por conta da convivência. Infelizmente, alguns desses impasses acabam em brigas. De acordo com informações do jornal Extra em reportagem publicada neste domingo, 05, na coluna 'Casos de Polícia', um Capitão da Força Aérea Brasileira (FAB) teria batido na ex-mulher neste sábado, 04. O nome do capitão é Bruno Silva. Ele acabou sendo preso em flagrante. Além de agredir fisicamente a ex-companheira, o capitão ainda teria levado e prendido ela dentro da base aérea do Galeão, aeroporto conhecido do Rio de Janeiro.

Desesperada e com medo do que poderia vir a acontecer, a mulher conseguiu fugir.

Publicidade
Publicidade

Funcionários do aeroporto ouviram seus gritos de socorro e a ajudaram. Após o incidente, o ex-casal acabou indo parar na Cidade da Polícia, no Jacarezinho. Lá, eles precisaram explicar tudo o que ocorreu. A mulher estava com o rosto bem machucado. Um curativo podia ser visto na testa dela. A vítima tentou esconder o rosto de jornalistas que estavam no local. 

Na saída da Cidade da Polícia,  a vítima que não teve nome identificado foi escoltada por um policial do local. Além disso, a Polícia da Aeronáutica foi à região para dar todo o apoio necessário à vítima, já que parte do #Crime teria ocorrido em uma área que é responsabilidade da FAB. Depois de conversar com policias da Aeronáutica, ela foi levada ao Instituto Médico Legal, onde passou por uma perícia, que deve dizer a gravidade dos ferimentos sofridos por ela.

Publicidade

A Polícia da Aeronáutica decidiu prender o capitão, já que o caso ocorreu em flagrante. Ele ficará preso na base aérea do Aeroporto do Galeão e terá que responder à justiça comum e também à Justiça Militar. Agora a instituição quer saber se o crime realmente aconteceu. O capitão pode perder a patente e ser expulso da corporação. O jornal Extra não publicou a versão do suposto criminoso. Caso esse queira espaço, a Blasting News atualizará esta reportagem com novidades.   #Investigação Criminal