A rede de TV CNN publicou nesta semana uma reportagem em seu site e na televisão alertando para um possível fracasso dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro. A matéria cita uma declaração do governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles. "Estou otimista sobre os jogos, mas eu tenho de mostrar a realidade. Podemos fazer uma grande olimpíadas, mas se alguns passos não forem dados, ela pode ser um grande fracasso", afirmou. 

De acordo com a emissora americana, a situação de calamidade pública vivida pelo estado vem se somar ao pior cenário possível que o Brasil enfrenta às vésperas dos jogos, que começam em 3 de agosto com cerimônia de abertura dois dias depois.

Publicidade
Publicidade

O veículo diz que os organizadores estão tendo de lidar com preocupações acerca do vírus zika, um escândalo de doping que provocou o descredenciamento do único laboratório brasileiro credenciado a realizar exames, altas taxas de criminalidade  e uma confusão política envolvendo as autoridades mais importantes do País.  A matéria ainda diz que as polícias militar e civil do estado podem parar durante a competição, por falta de pagamento. De acordo com a CNN, os policiais cariocas não recebem pagamento pelas horas extras há seis meses. 

A reportagem usou como fonte declarações que o governador carioca deu ao jornal O Globo.

"Rio´s Horror Week"

As matérias negativas sobre o Brasil na TV americana continuaram hoje (30), com uma reportagem sobre os pedaços de corpos encontrados em Copacabana. A CNN destaca que os pedaços humanos foram encontrados por banhistas a poucos metros de arena de vôlei de praia que está sendo erguida para os jogos olímpicos.

Publicidade

A manchete faz um trocadilho com as semanas de moda realizadas ao redor do mundo, como a São Paulo Fashion Week (Semana de Moda de São Paulo). Neste caso, a CNN estampou "Rio´s Horror Week" (Semana do Horror do Rio). "A apenas 36 dias dos jogos olímpicos, a situação na cidade-sede vai de mal a pior", inicia o texto assinado pela jornalista Tiffany App. "Um pé desmembrado e outra parte humana não identificada foram encontrados. A polícia acredita que a vítima era uma jovem mulher adulta", complementa, para o terror de quem pretende visitar a cidade.  #Rio2016