Na internet, é comum vídeos e notícias voltarem a provocar escândalo, mesmo quando não são tão recentes assim. É o caso de um vídeo que voltou a circular nesta quinta-feira, 30. Nas imagens, aparece o delegado da Polícia Federal Marcelo Zaturansky Nogueira Itagiba. O policial já foi prefeito da cidade de Macaé, no Rio de Janeiro, além de ter trabalhado como deputado federal até o ano de 2011. Ele foi eleito pelo PMDB, mas atualmente está filiado ao PSDB. Marcelo Itagiba comenta no vídeo polêmicas declarações vinculadas ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, que teria criticado o trabalho da Polícia Federal.

As imagens foram realizadas em março, quando Lula precisou prestar depoimentos de forma coercitiva pela Polícia Federal.

Publicidade
Publicidade

Nomes vinculados à legenda do ex-presidente, o Partido dos Trabalhadores (PT), costumam dar declarações polêmicas sobre investigações. Atualmente, o companheiro político da presidente afastada Dilma Rousseff é apurado em pelo menos dois inquéritos. Um deles é relativo à Lava Jato o outro é uma investigação comandada pelo Ministério Público de São Paulo, que apura supostas trocas de influência de Lula com empreiteira.

Ele é suspeito de colocar "laranjas" em propriedades que utiliza para maquiar que seja dono delas. Os imóveis em questão são um Sítio em Atibaia e um Tríplex no Guaruja, no litoral do estado de São Paulo. Lula nega que seja proprietário dos imóveis e que tenha agido com irregularidade com as empresas apontadas na apuração do Ministério Público do estado da maior cidade do país. 

"Meu nome é Marcelo Itagiba, sou delegado de Polícia Federal e venho aqui repudiar as palavras chulas e grosseiras proferidas pelo ex-presidente Lula", começa o ex-deputado a falar nas imagens que provocam grande polêmica na internet. 

"A Polícia Federal é uma polícia de estado e não uma polícia de #Governo […]", detona Marcelo, que prossegue, relatando que a entidade investiga a todos, até ex-presidentes.

Publicidade

"Presidente Lula, o seu dia vai chegar”, encerra ele. 

Veja o momento em que o delegado diz que a hora do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva vai chegar: 

#É Manchete!