De acordo com a coluna 'Radar' do site da 'Revista Veja' em reportagem publicada neste sábado, 25, a presidente afastada Dilma Rousseff gastou uma verdadeira fortuna ao tentar aparecer mais para o povo o brasileiro. Tentando reverter a impopularidade, que bateu recordes históricos, a representante do Partido dos Trabalhadores (#PT) decidiu investir na imagem para escapar do impeachment. O processo que se viu a seguir, no entanto, não foi favorável para a petista. Mas ela apostou. Um dessas apostar foi aparecer bastante ao vivo e a cores através da NBR, TV estatal que dá enorme destaque às atividades da presidente. Muitos dos links ao vivo da NBR foram exibidos  também em TVs a cabo, internet e até na TV aberta quando necessário. 

As transmissões ao vivo, no entanto, em apenas um ano, custaram R$ 15 milhões.

Publicidade
Publicidade

Isso só em eventos transmitidos em tempo real que envolviam atividades da presidente. Com esse dinheiro, os brasileiros puderam ver, por exemplo, o discurso da companheira do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazendo uma saudação à mandioca. O discurso polêmico viralizou. Dois terços do dinheiro gasto nas transmissões foi apenas para eventos nacionais. O restante foi para mostrar o que Dilma fazia fora do Brasil. 

Antes do ano começar, no entanto, a NBR tinha uma previsão de gastos que não chegavam a metade desse valor apontado. A ideia era gastar apenas R$ 5 milhões em eventos de Dilma no Brasil e mais R$ 700 mil no exterior. Rousseff, no entanto, aumentou a agenda para dar a impressão que trabalha e que fazia muitas alões em prol do povo brasileiro. As transmissões ao vivo para a internet, especialmente as feitas fora de Brasília, fizeram com que o orçamento da NBR explodisse. 

De acordo com a jornalista Vera Magalhães, em apenas uma transmissão sobre o 'Bolsa Família', acabaram sendo gastos  R$ 900 mil com o link.

Publicidade

O dinheiro é tão alto que a comunicadora da Veja faz até um comparativo. Essa grana (só desse evento) seria capaz de pagar o benefício de mais de 85 mil pessoas que recebem o 'Bolsa Família'. #Dilma Rousseff