Depois de dias reclamando por ter perdido o "direito" em voar com aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), a presidente afastada Dilma Rousseff arranjou um "jeitinho" para continuar com seus comícios políticos por todo o Brasil, nos quais diz que o processo de #Impeachment que está sofrendo é um "golpe parlamentar". Atualmente, a Casa Civil determina que a FAB só leve Dilma de Brasília para o Rio Grande do Sul e vice-versa. O destino é entre as casas de Dilma, a social, no RS e a presidencial, o Palácio da Alvorada, na capital federal. 

O "jeitinho" arranjado por Dilma é um mero jatinho. Já nesta quinta-feira, 09, ela utilizará o jatinho para viajar para Campinas, em São Paulo.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do G1, o jato será bancado pelo Partido dos Trabalhadores. Em Campinas, a presidente afastada se encontrará com cientistas renomados que são a seu favor. O motivo da viagem foi confirmado pela assessoria de Rousseff. 

A assessoria da petista diz ainda que todos os custos da viagem estão sendo bancados pelo #PT. Quem tem costume de usar jatinhos para viajar é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele utiliza a aeronave de um amigo para realizar viagens importantes, seja de cunho pessoal ou político, que são as mais comuns. 

O uso de jatinho por Dilma é confirmado depois de um imenso "mimimi" dela, do advogado José Eduardo Cardozo e de diversas personalidades do PT. Nas redes sociais, Rousseff chegou a publicar que a legislação garante à ela segurança ao cargo.

Publicidade

José Eduardo Cardozo foi além. Em uma mensagem enviada ao Presidente do Senado, Renan Calheiros, e ao Supremo Tribunal Federal (STF), ele chegou a dizer que se ago acontecesse com Dilma a culpa seria do presidente em exercício Michel Temer, do PMDB, e de toda sua equipe. 

Além dos aviões, a equipe da presidente chegou a ter o cartão corporativo bloqueado, sendo proibida até de comprar comida. A atriz Tássia Camargo se sensibilizou e disse que era necessário os petistas se unirem e arrecadarem alimentos para Rousseff. Ela foi muito criticada pela campanha.  #Dilma Rousseff