Quase dez mil pessoas que não pertencem ao mundo dos vivos teriam recebido o 'Bolsa Família' durante pouco mais de um ano no estado de Pernambuco. A suspeita é do Ministério Público Federal (MPF) e foi publicada nesta sexta-feira, 03, pelo site 'Diário do Poder'. Ao todo, os mortos teriam arrecadado quase R$ 17 milhões. Como sabemos, é claro, esse dinheiro não pôde infelizmente ser gasto por eles. O MPF diz que Pernambuco já é o segundo estado do Nordeste, no qual existem mais suspeitos de fraudarem o benefício social criado durante o governo do Partido dos Trabalhadores (PT). 

Para receber o benefício, os recebedores do cartão precisam passar por diversas avaliações do governo federal, que precisam ser feitas regularmente.

Publicidade
Publicidade

No Nordeste, a capital de Pernambuco, Recife, já figura na quinta posição com maior número de investigados. Outra coisa que tem causado muita estranheza no Ministério Público Federal é o fato de quase 90 mil servidores públicos pernambucanos receberem dinheiro do 'Bolsa Família'.

O estado recebeu, entre 2013 e 2014, R$ 4 bilhões do governo federal. Desse dinheiro, quase R$ 250 milhões foram destinados apenas para o quadro estatal. A apuração do Ministério Público Federal foi feita a partir de um período de tempo do governo da presidente afastada Dilma Rousseff, que em maio anunciou o aumento do valor das cotas do benefício. 

Outros assuntos curiosos envolvem o estado de Pernambuco e a política federal. Até mesmo doadores de campanhas políticas receberiam o dinheiro. E não para por aí. O estado também contabiliza 45,538 mil empresários recebendo quase R$ 117 milhões.

Publicidade

Mas o número assustador de mortos que ganham o dinheiro do Bolsa Família é mesmo surpreendente e virou até motivo de piadas.

Nas redes sociais, muita gente no estado brinca dizendo que dará uma passadinha no cemitério quando a coisa apertar. Certo mesmo é que o assunto, apesar de ter virado piada, é algo extremamente sério. O dinheiro mal empregado poderia ser usado em outras áreas, beneficiando quem realmente precisa.  #Dilma Rousseff #Impeachment