Um vídeo está provocando polêmica nas redes sociais. Ele mostra um homem revoltado ao ver um grupo de políticos que defende a presidente Dilma Rousseff, afastada do cargo desde o dia 12 de maio. O eleitor brasileiro questiona o fato dos petistas estarem almoçando no exterior e ouve: "E daí, e daí? quem é você? Seu idiota. Me passa o seu nome que vou lhe processar". De acordo com uma fonte da Blasting News, o episódio ocorreu nesta terça-feira, 21. 

Os políticos estariam almoçando em Montivideú, no Uruguai, depois de participarem da Comissão de Cidadania e direitos Humanos do Mercosul. Nas imagens, podem ser identificados o deputado federal Jean Wyllys, eleito pelo PSol do Rio de Janeiro, e o Senador Humberto Costa, do Partido dos Trabalhadores (#PT) de Pernambuco.

Publicidade
Publicidade

O restaurante visto nas imagens seria de alto padrão aquisitivo. Os políticos, no entanto, não esconderam as feições de revolta ao passarem pelo momento constrangedor. "Estamos trabalhando", disse Humberto Costa. "Tá trabalhando nada, tá é almoçando, comendo muito bem", diz o eleitor revoltado. 

Veja abaixo o polêmico vídeo que ganhou a internet:

Humberto Costa ainda pede o nome do homem dizendo que vai processá-lo por atrapalhar o seu sossego. “Dá seu nome que eu vou lhe processar”, fala ele estendendo o dedo em riste. Jean chega a se irritar no início das imagens, mas passa a abordagem calado. Já no final, ele pega o telefone. A impressão é que ele irá gravar o homem que filma o grupo que estava com ele. O encontro no Mercosul ainda reuniu outros políticos, como os deputados Roberto Freire, eleito pelo PPS de São Paulo, e a Senadora Lídice da Mata, do PSB da Bahia. 

Nas rede sociais, muita gente ficou revoltada com as atitudes de Humberto Costa.

Publicidade

"Ele poderia apenas ter pedido para o homem se retirar, já que essas coisas são realmente chatas", disse um seguidora do Facebook. Já outra foi além. "Senadores que se dizem socialistas, comunistas, em prol dos trabalhadores, mas que comem em restaurante de luxo no exterior...", escreveu de forma irônica.