Uma carta escrita por uma menina de doze anos está repercutindo bastante na internet. Essa foi a maneira que a menor de idade teve para contar para a mãe que era abusada sexualmente pelo próprio pai. O homem, de 34 anos nega as afirmações feitas pela menina. A mãe, no entanto, acredita em cada palavra de uma triste história. O caso ocorreu em Manaus, no Amazonas. A Polícia diz que a carta é uma das provas de que o homem cometeu o #Crime. Ele foi preso nesta terça-feira, 21. De acordo com a criança, seu progenitor já a abusada há algum tempo. A menina relata que até escreveu uma carta antes, mas que nunca teve coragem de entregá-la.  

O pai da criança, nem nenhum membro da família foi identificado.

Publicidade
Publicidade

O tenente B. Chaves disse em entrevista ao portal de notícias G1,  que mãe e filha chegaram juntas na delegacia. Eles estariam muito abaladas. Com vergonha de falar sobre o assunto, a carta acabou ajudando. Já na parte da frente, a garota faz um pedido de socorro para a mulher que a gerou por nove meses. "Me perdoa, me ajuda", disse ele. O pai da criança acabou sendo preso em flagrante. 

De acordo com o relato da adolescente, ainda na terça-feira, 21, ela teria sido estuprada pelo pai, justamente na data em que ele foi preso. Com nojo, medo e vergonha da situação, ela decidiu contar tudo por meio de uma carta. O perdão da menina veio porque ela acreditava, de acordo com a polícia, que ela teria algum tipo de culpa na situação. A adolescente disse que após o caso de estupro do Rio de Janeiro ela decidiu falar sobre a situação.

Publicidade

De acordo com policiais, a menina não aguentava mais ouvir falar sobre os abusos, sabendo que algo parecido acontecia com ela frequentemente em casa.

No texto, a adolescente diz que o pai começou fingindo que estava brincando de luta com ela, mas que depois iniciava os atos sexuais. Ela revela que tentou fazer ele parar, mas que depois acabou deixando, mostrando como ficou confusa com o que ocorria dentro de casa. Segundo estimativas, a maior parte dos estupros acontece por membros da própria família.   #Investigação Criminal