Nessa quinta-feira (02), foi anunciado pelo governo federal que 65 milhões serão destinados a pesquisas sobre o vírus zika. Os estudos têm como objetivo prevenir, diagnosticar e tratar a #Doença provocada pelo mosquito Aedes Aegytpi. O mosquito também é o causador da #Dengue, febre amarela e chikungunya.

Do valor divulgado pelo governo, 20 milhões virão do Ministério da Saúde, 15 milhões do Ministério da Educação, 30 milhões sairão do Ministério Ciência, Inovações e Comunicações e Tecnologia. A verba destinada à pesquisa, de acordo com o Ministério da Saúde, faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes, emitido no final de 2015.

Publicidade
Publicidade

O estudo deve seguir as linhas de avaliação e desenvolvimento de repelentes, desenvolvimento de tecnologias para diagnóstico e inovação em gestão de serviços na saúde. Os pesquisadores que tiverem interesse têm até 45 dias para enviar e proposta pelo site do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Técnicos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, juntamente com Técnicos do Ministério da Saúde analisarão as propostas em cinco fases. Cada pesquisa que for analisada e aprovada poderá ser financiada em até 500 mil. 

Ricardo Bastos, ministro da Saúde, relatou que os estudos irão contribuir para novas tecnologias. De acordo com ele, assim que a seleção das propostas forem concluídas, os recursos estarão disponíveis. O ministro disse ainda, ao lado do ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, que o presidente Michel Temer trata a questão do #Zika Vírus como prioridade.

Publicidade

De acordo com o Ministério da Saúde,130 milhões foram liberados para estudos contra as doenças transmitidas pelo mosquito e para a evolução das vacinas e 11 milhões para o avanço de uma vacina pela Fiocruz. Ao menos 91.387 casos prováveis do zika foram registrados pelo Ministério Público, desde o começo deste ano. Deste número, 31.616 foram constatados.

Sintomas

Normalmente, os sintomas da doença aparecem 10 dias após a picada do mosquito e demoram de 3 a 7 para desaparecem, espontaneamente. Os principais são dores nos músculos e articulações, febre baixa e manchas vermelhas na pele.