O ex-ministro Jarbas Passarinho morreu neste domingo (05), pela manhã e o motivo teria sido problemas de saúde por causa de sua idade avançada. O político nasceu no Acre, mas começou sua carreira política no Pará, sendo eleito governador do estado de 1964 até 1966. Por três vezes conseguiu se eleger como senador e durante os governos militares no Brasil ele ocupou a chefia do ministério do Trabalho, ministério da Educação e também da Previdência Social.

E quando Fernando Collor assumiu a presidência do Brasil, Jarbas Passarinho foi indicado para chefiar o Ministério da Justiça. Collor, ao saber da morte de Passarinho, disse que ele prestou "grande serviço ao Brasil".

Publicidade
Publicidade

Sua frase mais famosa foi dita ainda no ano de 1968 quando o AI-5 foi criado. Nesta ocasião, Passarinho que era Ministro do Trabalho, disse: "Às favas, senhor presidente, neste momento todos os escrúpulos de consciência." Com esta sua declaração, o governo militar ganhou ainda mais força para se manter no poder e a ditadura no Brasil ficou ainda mais forte.

Ele era o penúltimo a participar do ato que selou o AI-5 que ainda estava vivo, pois todos os outros já vieram a falecer. Agora, o último que participou deste momento histórico e que continua vivo é Delfim Netto.

Michel Temer já se manifestou a respeito da morte de Jarbas Passarinho e disse que desejava "expressar seus sentimentos pela perda desse grande brasileiro". A mensagem do presidente interino foi postada no Twitter.

O senador Romero Jucá também postou uma mensagem no Twitter lamentando a morte de Passarinho: "Com pesar que registramos a morte do senador Jarbas Passarinho, um homem preocupado com o Brasil, que sempre contribuiu muito com o nosso país." Vários outros políticos usaram as redes sociais para divulgarem suas mensagens lamentando o falecimento de Jarbas Passarinho.

Publicidade

Para aqueles que quiserem se despedir do político, seu velório será às 13:30 horas, sendo realizado na Paróquia Militar do Oratório do Soldado. O sepultamento está programado para as 16 horas, se não houver atraso e acontecerá no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília.

#Famosos #Internet