O Brasil é um dos países com uma das maiores populações carcerárias do mundo. O maior presídio do país fica em Pernambuco, no nordeste brasileiro. Alguns setores são destinados pelos próprios presos aos criminosos "Vips". Esse setores ganharam o nome inspirado em um dos programas sociais do governo do Partido dos Trabalhadores (PT) e são chamados de 'Minha Cela', minha Vida', uma inspiração no 'Minha Casa', Minha Vida'. Para ficarem no local, os prisioneiros precisam pagar uma quantia em dinheiro. Geralmente quem tem a "mordomia", de acordo com uma reportagem do G1, são os presos ligados ao narcotráfico. 

A prisão tem capacidade para 1.800 homens.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o complexo de Curado hoje abriga mais de 7.000 prisioneiros, o que para entidades dos Direitos Humanos ajuda a atrapalhar na recuperação desses criminosos. O presídio é um dos maiores da América Latina, mas sofre com a falta do básico. Até mesmo lixo e esgoto pode ser encontrado nas celas, o que espalha diversas doenças. Para cuidar de milhares de homens, apenas 300 agentes penitenciários. Ou seja, um único profissional cuida de mais de 20 presos, o que gera grande insegurança em quem trabalha do local. 

Especialistas ouvidos pelo G1 dizem que a pouca segurança prejudica quem mora na região. Ao todo, cerca de 100 mil pessoas vivem na região do presídio, que fica a apenas 7 Km da capital do estado, Recife. O Complexo ainda tem várias denúncias de violação dos direitos humanos.

Para ficar na chamada 'Minha Cela, Minha Vida', os criminosos pagam R$ 120 por semana.

Publicidade

No local, na verdade, nem existe tanto conforto assim, mas apenas celas menos abarrotadas de gente. O espaço é uma espécie de favela construído pelos próprios presos dentro da penitenciária, o que demonstra como a coisa se perdeu lá dentro. 

Agentes penitenciários são agora investigados por receberem dinheiro dos criminosos para fazer a transferência de presos de uma cela comum para as favelas conhecidas pelo nome do programa social petista. 

E você, o que pensa sobre essa grave situação? Comente.  #PT #Dilma Rousseff #Crime