A EBC - Empresa Brasil de Comunicação - que é controlada pela União, está na mira do presidente interino Michel Temer, que já tem um projeto para acabar com a TV Brasil e reduzir os gastos com esta empresa, como forma de conseguir contornar a #Crise em que o país se encontra. O peemedebista está buscando todas as formas possíveis de cortar gastos e não vê necessidade alguma em continuar mantendo esta empresa que, por ano, consome cerca de R$ 535 milhões.

A meta de Michel Temer é reduzir estes gastos logo pela metade e depois continuar reduzindo aos poucos, à medida do possível. Metade do valor gasto com a EBC vai para a folha salarial e a TV Brasil é quem mais consome deste dinheiro, ficando com metade de todo dinheiro que entra.

Publicidade
Publicidade

A princípio, seria fechada a TV, mas a agência de notícias continuaria funcionando com a produção de conteúdo e o portal.

As mudanças poderão levar ao fim do conselho curador, que hoje é formado por 22 pessoas que têm mandatos de 2 anos e são as responsáveis pelas decisões mais importantes dentro da EBC. Mas se tudo acontecer conforme Temer pretende, o presidente da empresa terá o seu mandato anulado e será imediatamente destituído. Atualmente, para que isto aconteça, seria preciso ter antes uma autorização do conselho curador.

Se o projeto do presidente interino for realmente aprovado, Ricardo Melo, atual presidente da EBC e que foi indicado por Dilma Rousseff, perde o cargo definitivamente. Melo já foi destituído uma vez da presidência por #Michel Temer, só que recorreu ao Supremo Tribunal Federal e ganhou o direito de continuar à frente da empresa, pelo menos de forma provisória até que o plenário possa chegar a um acordo que defina de uma vez por todas esta situação.

Publicidade

A EBC foi criada em 2007 com a intenção de ser um canal de comunicação apartidário, utilizando as muitas formas disponíveis para divulgação das notícias, como a TV, rádio e também a internet. Quase R$ 3 bilhões já foram consumidos pela EBC e já são mais de 2.500 funcionários. A receita da EBC vem do Tesouro Nacional, pois os serviços e produtos vendidos não cobrem nem uma pequena parte das muitas despesas. #Crise-de-governo