A Polícia Federal apreendeu duas motos Harley-Davidson que pertencem ao ex-ministro da Previdência Carlos Gabas. As apreensões ocorreram nesta quinta-feira, 23, durante a Operação 'Custo Brasil', que faz parte da trigésima primeira etapa da Lava Jato. Segundo informações do site 'Diário do Poder', entre as motos levadas pela Polícia Federal está uma que Dilma usou em 2013 em  uma aventura. Em reportagem publicada pela 'Folha de São Paulo' no dia 23 de agosto de 2013, a aventura da hoje presidente afastada foi relatada. 

"Coloquei um capacete e saí andando pelas ruas de Brasília", teria dito a presidente ao então Ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

Publicidade
Publicidade

O Ministro percebendo que os repórteres não acreditavam na história surreal disse que nem ele tinha levado a sério o papo de Dilma, mas que depois teve provas de que tudo ocorreu de verdade. Dilma ainda teria se gabado pelo fato de conseguir sair do Palácio da Alvorada, residência oficial do chefe de estado brasileiro, sem que a segurança percebesse. Até mesmo um general teria sido enganado.

O General então teria avisado que sabia de tudo, que mandou uma equipe de segurança atrás da companheira política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que pediu que eles fossem discretos para evitar que ela perdesse o sentimento aventureiro. "Senti melhor os ares de Brasília", teria dito Dilma ao Ministro se entusiasmando bastante ao contar o relato inacreditável.  Só não se tem certeza se ela ela mesmo quem pilotava a motocicleta. 

A polêmica da moto, dessa vez, liga Gabas a um mandado de condução coercitiva, que não chegou a ser cumprido.

Publicidade

Isso porque o ex-Ministro de Rousseff, segundo o 'Diário do Poder', não queria falar nada e avisou que também faria isso na Polícia Federal.  Já s motocicletas, inclusive a utilizada pela petista na fuga aventureira em Brasília,  serão levadas para a maior cidade do país, São Paulo. Os itens radicais ficarão sob custódia da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros, que faz parte da Polícia Federal. #Dilma Rousseff #Impeachment