Nesta segunda-feira, 13, a fanpage da 'Mídia Ninja' no Facebook publicou fotos do que seria uma encenação teatral com viés político. De acordo com um post do grupo que apoia a presidente afastada Dilma Rousseff, o protesto polêmico ocorreu no Teatro Arena, que fica anexo ao Complexo Funarte/Minc, em São Paulo. Grupos de artistas estão no local desde que o presidente em exercício, Michel Temer, do PMDB, havia extinto o Ministério da Cultura. A pasta foi recriada, está sob o comando de Marcelo Calero, de 33 anos, mas os manifestantes ainda ocupam prédios vinculados ao Ministério em todo o país.

Segundo a 'Mídia Ninja', o protesto realizado no Teatro Arena era o início de uma série de encenações para falar sobre o "golpe" que ocorre no país.

Publicidade
Publicidade

Entenda-se a expressão "golpe" como o impeachment sofrido por Dilma. O protesto teatral teve em seu momento de ápice uma atriz retirando da própria vagina uma bandeira do Brasil. "A atriz pariu a nação", diz o grupo da publicação sobre a ação teatral. 

Em seguida, uma atriz que representaria a figura de Dilma é "devorada" por atores que encenavam os deputados, que no dia 17 de abril votaram favoravelmente pelo impeachment. Nessa data, Dilma teve 367 votos contrários à ela. A atriz que realizou a "mulher devorada" foi Luaan Bianchini". Ela estava vestida com pedaços de carne. Segundo a 'Mídia Ninja', o espetáculo teve direção de Claudia Shapira e Marcos Bulhões.

O relato sobre a encenação contra o presidente em exercício #Michel Temer e a favor de Dilma criou muita polêmica nas redes sociais.

Publicidade

Alguns comentários chegam a ser impublicáveis, mas veja alguns dos publicáveis abaixo:

"Essa mulher que "pariu" a bandeira do Brasil é a mesma que fez suas necessidades fisiológicas em cima da foto do Bolsonaro e pintou um quadro com a vagina. Aquele momento em que eu tento decidir qual das "artes" dela é a mais nojenta mas não consigo", disse uma internauta.

"O mínimo que se espera é respeito pela Bandeira do país! E estes lunáticos junto com essa mídia ninja que vive de migalhas, ainda querem exigir respeito!". 

Veja abaixo fotos sobre o polêmico ensaio artístico:

#Dilma Rousseff