A vidência e a paranormalidade são estudadas por cientistas de todo o mundo. O assunto sempre gera polêmicas, mas merece ser tão respeitado quanto a religião, por exemplo. Uma das mais respeitadas sensitivas do Brasil é Márcia Fernandes, conhecida por dar os seus pitacos no programa 'A Tarde é Sua', da RedeTV!.

Ela deu uma entrevista ao 'Diário de São Paulo' contando como vê o futuro de diversos políticos brasileiros. Especializada em clarividência e numerologia, Márcia dá o destino, por exemplo, da presidente afastada do Brasil Dilma Rousseff, mas não só dela, como também do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Michel Temer.

Publicidade
Publicidade

O futuro da petista que perdeu no Senado

A previsão mais esperada é a voltada para Dilma. Recentemente, alguns Senadores, como Romário Farias, do PSB do Rio de Janeiro, anunciaram que estão pensando em rever os seus votos pelo impeachment. No dia 12 de maio, 55 Senadores escolheram pela saída de Rousseff do poder. De acordo com Márcia Fernandes, não tem mais volta para a companheira política de Lula. 

"O inferno espiritual de Dilma está apenas começando, infelizmente. Ela ainda enfrentará muitos problemas que a deixarão perturbada", alegou a sensitiva, demonstrando assim que o tempo entre a votação do afastamento e a da deposição não devem ajudar Rousseff a reverter a derrota para o presidente em exercício Michel Temer. 

De acordo com a paranormal, Dilma ficará "perturbada" com seu futuro.

Publicidade

Isso porque ela tem convicções de que está fazendo o correto, mas aos poucos vai notar os próprios erros. Essa avaliação dos erros doerá da petista. Márcia disse ainda que apesar de inteligente, a presidente afastada é uma mulher muito impulsiva e que isso a prejudicou como grande gestora. 

Fim da linha para Lula

Não é só Dilma que está em maus lençóis. O ex-presidente Lula também não deve se dar bem na política. Segundo Márcia Fernandes, o ex-líder sindical terá problemas de saúde, ficando fraco fisicamente e espiritualmente. Por conta disso, ele não deve disputar mais qualquer outra eleição. 

Serra e Temer

A sensitiva acredita que o presidente conseguirá terminar o seu mandato. Para ela, ele não será um revolucionário, mas terá êxito em equilibrar o país. Já José Serra, atual Ministro das Relações exteriores, deixaria o PSDB para se candidatar à presidência da república por outro partido, provavelmente o próprio PMDB, legenda de Temer.  #Dilma Rousseff