A Senadora Simonet Tebet, do PMDB do Mato Grosso do Sul, decidiu derrubar a defesa da presidente Dilma Rousseff na tarde desta segunda-feira, 27, na Comissão do Impeachment do Senado. Ela surpreendeu a todos quando discursou sobre o laudo feito pelos peritos do congresso nacional. De acordo com a peemedebista, o laudo assinado de forma unânime pelos peritos, era apenas mais uma prova de que Dilma cometeu os crimes de que é acusada. A petista responde no geral ao #Crime de responsabilidade federal e está nas mãos do Senado, que decidirá se ela merece ou não ser deposta. 

A perícia em questão apresentada por Simone disse que houve sim ato de omissão da presidente, que editou créditos que não estava previstos no orçamento da união, não aprovados pelos Senadores, que precisam dar o aval para qualquer mudança.

Publicidade
Publicidade

Assim que assumiu o governo, o presidente em exercício Michel Temer, do PMDB, precisou dessa aprovação, que permite agora que ele tenha mais poder de governabilidade. A perícia, no entanto, não identificou participação da petista nas chamadas "pedaladas fiscais". 

O laudo vai além, mostra que pelo menos três decretos assinados pela presidente não são compatíveis com a meta estabelecida no resultado primário. As testemunhas de defesa da presidente e o advogado dela, o ex-Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, argumentavam até então, que tinha ocorrido justamente o contrário durante o governo da petista. 

"A perícia derruba a tese da defesa, que sempre batia na tecla que os decretos atenderam a programação financeira", disse a Senadora que no dia 12 de maio foi um dos 55 votos pelo afastamento de Dilma.

Publicidade

Segundo a peemedebista, a defesa de Dilma falava que essa edição não era irregular, mas que agora peritos mostram que sim. Simone foi além. Sobre as pedaladas, ela lembrou que a líder afastada não precisa ser culpada por ação, mas também por omissão. 

"Neste caso, houve omissão por negligência. Ninguém está acusando a presidente de dolo ou má fé", disse a Senadora que impressionou os colegas com um discurso baseado na constituição e elegante.  #Investigação Criminal