Ontem, dia 24 de junho, Washington Quaquá (#PT), prefeito da cidade de Maricá, no Rio de Janeiro, surpreendeu seus seguidores, eleitores e moradores do município ao postar em seu Facebook um vídeo gravado pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-Rio).

As imagens eram um recado de Bolsonaro para um de seus seguidores a respeito do Festival Internacional da Utopia de Maricá, que ocorre na cidade. Em resposta ao parlamentar, Quaquá não economizou xingamentos e lançou em sua página: "Olha o jegue! O imbecil! O corno! O energúmeno do Bolsonaro! Vai caçar uma r*la Bolsonaro e sai do armário".

Quaquá teria se ofendido com o que o parlamentar disse:

"Tudo que é de ruim hoje no Brasil está na sua cidade: MST, Direitos Humanos, Dilma, Homenagem ao Che Guevara", falou, se referindo ao novo hospital do município, que leva o nome do guerrilheiro e líder da Revolução Cubana.

Publicidade
Publicidade

Bolsonaro disse ainda que a "escória" do mundo está e Maricá e prestou sua solidariedade. Ao fim da mensagem, anunciou: "a festa dessa esquerdalha vai acabar".

A fala de Quaquá pelo Facebook não teve uma réplica do deputado. Até o momento, o prefeito não se manifestou oficialmente por meio de sua assessoria a respeito do caso.

Em tempo: este site está aberto para dar espaço para Bolsonaro e Washington Quaquá. Nosso objetivo é informar as diferentes versões do fato e quaisquer futuras retratações serão publicadas.

Leia a postagem feita pelo prefeito da cidade da região metropolitana do Rio junto com o vídeo de Bolsonaro:

Prefeito "esquentadinho"

O prefeito de Maricá é conhecido no município por não ter papas na língua. O gênio forte do governante o fez soltar na Câmara Municipal que um dos moradores que o estava chamando de ladrão era "bichinha".

Publicidade

Em outro momento, ainda nas redes sociais, Quaquá mandou uma pessoa "tomar no c*". A história se repetiu em uma entrevista para um site local. Dessa vez, o recado foi para o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Veja o vídeo:

Em 2015, um dos vereadores do município comprou a briga contra o prefeito. Felipe Auni (PSD) cobrou explicações a respeito de assuntos financeiros e foi atacado nas redes sociais pelo prefeito. De acordo com o parlamentar, ele foi chamado de "menininha da oposição". Na época, o vereador entrou com uma moção de repúdio, negada pelos seus colegas de Casa.

Em Maricá, um dos trabalhos mais conhecidos de Quaquá foi a inauguração da Empresa Pública de Transportes (EPT), que oferece transporte gratuito para todos os moradores. #Dentro da política #Crise-de-governo