É mais uma notícia em que a simples brincadeira envolvendo uma arma de fogo acabou em uma tragedia. Algo que poderia ter sido evitado, mas infelizmente não há mais nada que se possa fazer agora. Um adolescente de apenas 14 anos estava manuseando uma arma quando esta disparou e acertou uma menina de 10 anos no abdômen. Ela foi socorrida, mas não sobreviveu ao ferimento.

O caso chocante aconteceu na zona rural da cidade de Delfinópolis, ao sul de Minas Gerais, na noite desta última segunda-feira (25). Estava sendo realizada uma festa na fazenda e a família comemorava reunida. A garota estava de férias na região e também aproveitava a festa quando foi acertada pela bala disparada.

Publicidade
Publicidade

Os tios da menina imediatamente a colocaram em um veículo e levaram-na para o hospital mais próximo. Pouco tempo depois, ela foi encaminhada para a Santa Casa da cidade de Passos, que oferece mais recursos para o tratamento.

A Polícia Militar informou que o adolescente não é parente dos donos da fazenda, apenas um conhecido, e que o caso está sendo investigado como uma fatalidade. O rapaz contou aos policiais que encontrou uma garrucha junto com vários outros armamentos em um cômodo na fazenda e resolveu verificar. Ele estava sozinho, já que os adultos estavam todos reunidos na cozinha.

O adolescente contou que ele viu a munição e carregou uma das armas, puxando o gatilho logo em seguida, mas ele estava mirando para o alto. De acordo com ele, a intenção era verificar se a arma estava funcionando corretamente, só que ao puxar o gatilho, não houve nenhum disparo, e foi quando ele viu a menina se aproximando e brincando ele apontou a arma para ela e atirou.

Publicidade

Desta vez a arma funcionou e o tirou acertou bem no abdômen da garota, que já caiu sangrando muito e chorando. O jovem gritou pedindo ajuda e foi quando a família correu para ver o que era e viram aquela triste cena.

A PM informou que as armas não possuem registro e por isso foram todas apreendidas. O proprietário da fazenda foi preso, acusado de porte ilegal de arma. #Crime #Violência #Casos de polícia