Uma notícia para lá de chocante foi publicada neste sábado, 02, pelo colunista Jose Bastos Moreno, do Jornal O Globo. Sem dar nomes, ele revela que um advogado muito renomado e famoso, que é considerado um dos melhores da área tributária no país, descobriu que entrou na mira da principal investigação do país, a Lava Jato. Até aí nenhuma grande surpresa, afinal, diariamente políticos, empresários e até personalidades da mídia estão sendo citadas na apuração comandada diretamente de Curitiba, no Paraná, pelo juiz Federal Sérgio Moro, que pela sua atuação firme e importante da história do país recebeu da revista Time o título de um dos 100 homens mais influentes de todo o planeta. 

Segundo o colunista de 'O Globo', assim que o advogado descobriu que estaria sendo alvo da investigação, ele correu e avisou que poderia delatar boa parte do judiciário brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Na delação feita ao pessoal autorizado da Lava Jato, ele revelou, inclusive, nomes de membros que trabalham no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Detalhe, não foram quaisquer nomes, mas sim o de Ministros importantes, conhecidos pelo seu trabalho na frente da mais alta corte jurídica do país. 

Os nomes entregues são de espantar qualquer um e podem mudar o curso da política e também da justiça brasileira. De acordo com o colunista, fontes que tiveram acesso à delação do advogado, garantem que o que ele falou não deixará "pedra sobre pedra". O depoimento, apenas para questões de esclarecimento, teria sido dado de maneira informal aos investigadores. Para que a delação possa valer, o advogado precisa de uma autorização judicial e também comprovar todas as acusações que está fazendo.

Publicidade

Ele teria garantido que tem como evidenciar a maioria delas. 

De acordo com o jornalista que deu a suposta tentativa de negociação de delação, as palavras do advogado prometem ser mais catastróficas até mesmo do que os depoimentos de membros da maior empreiteira do país, a Odebrecht. Difícil será saber o que realmente de tão importante ele tem para contar.  #PT #Crime #Investigação Criminal