Ana Hickmann está revoltada e decidiu partir para o ataque. Nesta sexta-feira, 08, ela usou o seu perfil oficial no Instagram para dizer que está 'indignada'. O desabafo da apresentadora da TV Record foi um protesto contra o Ministério Público do Estado de Minas Gerais. Nesta quinta-feira, 07, a entidade denunciou o cunhado dela, Gustavo Henrique Bello Correa, de 35 anos, por homicídio doloso, quando há a intenção de matar. Ele passa a ser investigado como o assassino de Rodrigo Augusto de Pádua. Rodrigo ficou conhecido em todo o país por ser um fã obcecado de Ana Hickmann. Ele a sequestrou em um quarto de hotel e tentou matar a comunicadora.

Publicidade
Publicidade

O cunhado  da loira entrou em uma briga corporal com o atirador e depois o matou com um tiro na nuca.

 

O caso aconteceu em maio deste ano e chocou todo o Brasil.  "Revolta, sentimento de oposição, de cólera, provocado por uma circunstância injusta, indigna ou revoltante", disse Ana Hickmann em uma imagem publicada em sua rede social.  A mulher de Alexandre, Giovana Oliveira, também publicou a mesma foto com a frase de 'Indignação'. Ela levou um tiro supostamente dado pelo fã enlouquecido da contratada da Record, permanecendo vários dias internada em um hospital de Belo Horizonte. 

A denúncia feita pelo Ministério Público vai contra as investigações e conclusões da Polícia Civil. No dia 20 de junho, o responsável pelo caso na Polícia, delegado Flávio Grossi, chegou a pedir o arquivamento sobre a morte do fã obcecado pela comunicadora.

Publicidade

Ele argumentou que Gustavo agiu em legítima defesa. A denúncia agora é feita pelo promotor Francisco de Assis Santiago. Para o profissional da justiça, o irmão do marido de Ana Hickmann se excedeu e, por isso, o #Crime não poderia ser considerado de defesa legítima. A principal prova usada por Francisco é o fato do atirador ter sido morto com três tiros na nuca. 

A família do morto disse que não era possível comemorar, mas que o lado do fã enfim estava sendo visto pela justiça. Ele vendeu os bens e arquitetou a invasão ao quarto da apresentadora.  #Investigação Criminal