Recentemente, o ator Fábio Porchat entrou em uma enorme polêmica por conta de uma investigação da Polícia Federal. Ele recebeu cachê de um escritório de advogacia para realizar um show em uma festa. O humorista não era e não é investigado pelos agentes, mas a empresa que o contratou pagou tudo com dinheiro da Lei Rouanet, polêmica por pagar intervenções artísticas com a renúncia fiscal de empresários autorizadas pelo Ministério da Cultura. A descoberta foi feita durante a Operação 'Boquinha Livre', que chegou a prender empresários que teriam bancado até a própria festa de casamento com dinheiro da Rouanet. 

Em entrevista à 'Folha de São Paulo', Fábio Porchat se defendeu.

Publicidade
Publicidade

Ele argumentou que é  impossível saber de onde vem o dinheiro para bancar suas apresentações, lembrando que faz muitos shows em todo o Brasil. O ator estreará recentemente como apresentador em um talk show da TV Record. Na internet, ele continua com os trabalhos de sucesso do 'Porta dos Fundos'. Não tanto sucesso teve o filme de humor do grupo, o 'Porta dos Fundos - Contrato Vitalício'. 

A obra conseguiu ter bem menos expectadores do que a maioria dos vídeos do 'Porta dos Fundos'. Até mesmo a publicidade do longa parece não ter ido bem. Pouco se viu em jornais, revistas e nos cinemas chamadas com o longa. De acordo com o colunista 'Lauro Jardim', de O Globo, o filme levou no último fim de semana menos de 70 mil pessoas às salas de cinema de todo o país. Somando todo o número das pessoas que decidiram pagar para acompanhar o longo, mais de 375 mil pessoas viram Fábio Porchat nas telonas. 

O dinheiro foi suficiente para arrecadar R$ 5,2 milhões, o que mostra que os ingressos dos cinemas não estão tão baratos assim e que explica também o sumiço de muita gente às telonas, preferindo ver filmes americanos, como 'X-Men' ou 'Independence Day'. 

O filme deve cair ainda mais nessa semana, já que é prevista a estreia de 'Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina'.

Publicidade

O longa promete ter sucesso parecido com o do primeiro filme, que bombou nas férias escolares.  #Lava Jato #É Manchete!