Nesta terça-feira, 05, a ex-modelo Luiza Brunet voltou a provocar polêmica. Ela fez fotos para a revista 'Quem'. À revista, ela voltou a falar sobre a suposta surra que levou do ex-companheiro, o empresário bilionário Lírio Parisotto, de 62 anos. Questionada pela publicação sobre as fotos e sobre o trabalho na novela das nove da Rede Globo de Televisão, 'Velho Chico', Luiza Brunet disse que a vida dela segue e que não vai ficar em casa se lamentando ou sofrendo. A revelação espantou até mesmo seguidores da modelo, que fez sucesso nas passarelas na década de 1980 ao desfilar com nomes como o da apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel. 

Também à revista, ela negou qualquer possibilidade de volta ao relacionamento com o empresário Lírio Parisotto. "Foi um relação de cinco anos que acabou.

Publicidade
Publicidade

Acabou", desabafou. O papel feito pela ex-modelo na novela das nove é o seu retorno a um folhetim depois de dezenove anos. Brunet voltou a ser assunto na semana passada, quando em uma entrevista ao jornalista Alcelmo Goes, ela contou que teria sofrido uma violência doméstica, quando viajava para o estado de Nova York, nos Estados Unidos. 

De acordo com ela, após Lírio ter sido confundido com um ex-marido dela, ele ficou fora de si. Ela alega que o ex-companheiro a chutou e deu socos, sendo capaz de quebrar quatro de suas costelas. Uma imagem do olho roxo de Luiza chegou a ser exibida neste domingo, 03, pelo 'Fantástico'. Ela registrou a agressão ao Ministério Público de São Paulo e também passou por exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal, o IML.

O bilionário nega que tenha agredido a ex-mulher.

Publicidade

Segundo ele, o ato aconteceu na tentativa dele se defender. Amigos saíram em defesa do ricaço. Um deles, através do Instagram escreveu um relato em que diz não esquecer a vez em que Brunet teria agredido ele em um barco. Em uma entrevista dada ao jornalista Amaury Junior, da RedeTV!, a ex-modelo define seu relacionamento com o empresário como sendo de gato e rato e chega a questionar se eles estavam ou não juntos.  #Crime #Investigação Criminal