A crise que se alastra no Brasil, o alto preço do feijão e do arroz, podem não estar sendo sentidos por muitos membros de 'A igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias', pois, há anos, eles têm sido ensinados a importância de fazer armazenamento doméstico. Alguns dos itens incluem arroz, feijão, macarrão, conservas e outros cereais.

Os mórmons, como são conhecidos os fiéis da igreja, há anos ouvem os conselhos proféticos de guardarem adequadamente alguns alimentos, como forma de fazer uma reserva para ocasiões futuras. Esse conselho de armazenar um suprimento de alimentos, roupas e outros artigos necessários é de essencial importância por inúmeras razões.

Publicidade
Publicidade

Alguma dos motivos incluem catástrofes naturais, que podem causar inundação, terremoto, furacão, etc. que podem obstruir estradas e impedir ou restringir o fornecimento de alimentos em supermercados e lojas.

Outro motivo que seria bom para ter uma reserva de itens inclui problemas políticos ou greves de motoristas de caminhão, que resultaria atrasos no transporte de gêneros alimentícios. Em muitos países já ocorreram guerras e outras calamidades como inundações, secas e tornados, que também dificultaram acesso a itens básicos de consumo diário. Ou seja, nessas situações, independente da situação financeira, é mesmo difícil ter acesso a alimentos do dia a dia.

Outro situação que reflete a situação atual do Brasil  é o alto índice de desemprego. Nessas ocasiões, o armazenamento doméstico é de grande ajuda para enfrentar esse tipo de situação.

Publicidade

Há relatos de várias famílias que, durante meses, não precisaram ter gastos com alimentação básica, devido ao estoque que possuíam em casa.

Os 'Santos dos últimos dias' são incentivados a ter, no estoque, alimentos necessários para atender a família durante um ano. Algumas pessoas e famílias acham interessante começar fazendo armazenamento por períodos menores, como semanas e alguns meses, até conseguirem uma maior quantidade. Tudo é feito de acordo com o espaço e legislação do país que residem. Como os itens armazenados não duram eternamente, é recomendado realizar um rodízio, onde se consome  a reserva estocada há mais tempo e em seu lugar coloca itens mais novos. Esse rodízio é um procedimento contínuo.

Materiais básicos para fazer armazenamento de arroz ou feijão cru

Para fazer o armazenamento, os mórmons utilizam garrafas pets lavadas e esterilizadas e dentes de alhos. Após a garrafa secar completamente, coloca-se uns 2 a 3 dentes de alhos no fundo da embalagem e depois uma porção de cerca de 5 dedos de arroz ou feijão, seguida de mais dentes de alhos, e, posteriormente, o item a ser armazenado, fazendo essa alternância até atingir o limite máximo. É importante reduzir ao máximo espaços vazios e fechar bem a embalagem. Outro ponto importante é identificar a data do armazenamento e data de validade original do produto, mas lembrando que, dessa forma, a validade pode estender-se por anos.

  #Dicas #Curiosidades #Crise no Brasil