Nesta quarta-feira, 27, uma declaração de um jornalista australiano foi um dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. A Blasting News já havia publicado uma reportagem sobre a opinião de Richard Hinds, do 'The Daily Tepegraph', como você pode ver ao clicar no link. Em um artigo publicado nesta terça-feira, 26, ele compara a cidade carioca à uma "favela olímpica", comentando também os graves problemas verificados na Vila dos atletas, quando o Comitê australiano chegou a dizer que o local é "inabitável". O artigo do jornalista esportivo provocou tanta polêmica que os vídeos em que ele aparece form bloqueados aqui no Brasil.

Ira online e povo dividido

Nas redes sociais, os brasileiros se dividiram.

Publicidade
Publicidade

No entanto, boa parte já acha que os australianos estão exagerando, afinal, eles estão no país como convidados e abusando das polêmicas. Outros países até mais desenvolvidos que a Austrália parecem estar mais focados com a competição. Lembrando que nos anos 2000 a cidade de Sidney também sediou os jogos e teve alguns problemas, como qualquer sede. Os problemas na Vila dos atletas foram graves e escandalizaram os problemas sociais do Brasil para o mundo.

"Fica difícil manter a hospitalidade com pessoas que só sabem reclamar do seu país. Imagina se eles forem na Venezuela ou na África, já passaram dos limites. Agora chega!", disse um internauta. 

O quase assalto por uma quase garoto de Ipanema

Richard Hinds diz em seu texto publicado na internet que a Vila dos Atletas permite que os australianos tenham a sensação por alguns dias de como a sociedade brasileira vive.

Publicidade

Ele ainda cita outros problemas do Brasil, como a Dengue e o Zika Virus. No texto, o jornalista conta que para andar na cidade é necessário ter cinco ou seis seguranças para se sentir seguro. Nesta quarta-feira, uma equipe de televisão do país do repórter sofreu uma tentativa de assalto por um travesti na praia de Ipanema, na Zona Sul. O assunto ganhou as manchetes de jornais do país. Pelo visto, os turistas de lá devem evitar as terras de cá. #Crime #Rio2016