A missionária Bianca Toledo revelou a todos que realmente, os boatos de que estava se separando do marido, o pastor Felipe Heiderich, são verdadeiros. Em um vídeo e um texto postado em sua página do Facebook, ela conta que ele é acusado de pedofilia.

Bianca é famosa pela experiência de ressurreição. Ela começa o vídeo dizendo que sempre foi muito transparente com todos e que agora, no pior momento de sua vida, não poderia ser diferente.

Ela diz que muitas pessoas começaram a perguntar porque desde o dia de seu aniversário ela está tão triste. Bianca Toledo então conta que descobriu coisas que ela preferia não ter descoberto e que passou por um momento muito difícil.

Publicidade
Publicidade

Segundo ela, o pastor Felipe Heiderich tentou suicídio enquanto ela não estava em casa e foi internado em uma clínica psiquiátrica.

Ela fala que o que ela descobriu é muito grave e que resolveu o confrontar. “Ele tinha um quadro de homossexualidade latente, no tempo vigente do meu casamento com ele”, diz. Por isso, ela resolveu terminar o casamento. Segundo ela, na clínica psiquiátrica ele foi diagnosticado com uma psicose maníaco depressiva, neurose grave e múltiplas personalidades.

Ele está sendo acusado por #Crime de pedofilia, conta Bianca. Ela aguarda a justiça do céu e da terra e diz que foi enganada.

Além do vídeo, ela colocou um texto no qual diz que vem passando por um momento difícil desde 6 de junho. Ela volta a falar sobre a anulação do casamento, que já foi iniciada, e, segundo ela, tem provas da vida “dupla e imoral” do pastor Felipe Heiderich.

Publicidade

Toledo diz que ele conseguiu enganar a todos e o que deixou a situação ainda mais grave foi o caso de pedofilia. Diz ainda que o Ministério Público fez o pedido de prisão baseado em provas e que novas provas não param de chegar.

Bianca volta a dizer que quer justiça e pede que os seguidores orem por ela. “Felipe está preso em Bangu depois de todos os procedimentos legais”, contou a missionária, que aparece visivelmente abalada no vídeo

Veja o vídeo de desabafo de Bianca Toledo 

#Casos de polícia