Neste domingo, 03, o 'Fantástico', da TV Globo, exibiu em primeira mão uma foto da ex-modelo Luiza Brunet com o olho roxo. Ela se diz vítima de violência doméstica. A atriz, no ar em 'Velho Chico', relata que a agressão aconteceu no mês de maio, na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, mas que decidiu contar tudo agora ao grande público. Luiza acusa o ex-companheiro, o bilionário Lírio Parisotto, de 63 anos, de ter cometido as agressões. Ela contou ao jornal 'O Globo' que levou chutes e socos após ele ser confundido com o ex-marido seu. 

Desde então, Lírio tem se defendido. Ele chegou a dizer que não bateria em um "mulherão" desses.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o jornal Extra em reportagem publicada nesta segunda-feira, 04, o bilionário voltou a negar que tenha batido na ex-companheira. Ele teria publicado uma mensagem no Instagram um novo desabafo sobre o que teria acontecido. Dessa vez, além de dizer que foi Brunet quem bateu nele, o empresário relata que levou dez pontos em um hospital. 

A história foi compartilhada por amigos do ricaço. Alguns usaram as redes sociais para confirmar o que ele estava dizendo. Ao menos dez pessoas, de acordo com o jornal, teriam confirmado a história de um dos homens mais ricos do país e do mundo. Lírio já chegou a ficar entre as 600 pessoas mais poderosas de todo o planeta. 

"Se fala tanto de violência contra mulher. E a violência da mulher contra o homem?", diz um amigo do empresário, de nome Paolo na legenda.

Publicidade

Segundo ele, Luiza teria agredido Lírio em um barco no ano passado. Ele ainda questiona se o fato do amigo ser homem faz com que ele seja obrigado a apanhar. O empresário então compartilhou a história, dando, portanto, a ela, a credibilidade de suposta verdade.

Em nota enviada ao 'Jornal Nacional', a modelo contou que não agrediu o ex-companheiro e que toda a verdade seria revelada. O empresário confirmou a briga, mas alegou que só  segurou Luiza para se defender. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público de São Paulo. O bilionário está proibido de chegar perto da atriz.  #Crime #Investigação Criminal