O autodenominado Estado Islâmico começou a sua campanha digital em português, mostrando ser uma grande ameaça e um novo nível de desafio para as autoridades do Brasil, com as olimpíadas a 6 semanas do seu começo no Rio de Janeiro.

Essas informações vieram à tona depois que a inteligência do Brasil descobriu páginas da web criptografadas e aplicativos de mensagens instantâneas, que expuseram grupos militantes de ideologia radical do islã. A instituição federal de inteligência, a ABIN, disse ao jornal Wall Street Journal, nesta quinta-feira, que o canal em língua portuguesa do Brasil demonstrava fielmente as ideologias extremistas.

Publicidade
Publicidade

"O início dessa nova linha de divulgação de informações direcionadas à doutrina extremista, que visam o público que fala a língua portuguesa, aumenta nossa dificuldade para enfrentar o #Terrorismo, porque parece ser mais fácil radicalizar cidadãos brasileiros", disse a ABIN.

Seguido pelos ataques terroristas em Paris que mataram 130 pessoas, no passado mês de novembro, um membro francês do Estado Islâmico, chamado Maxime Hauchard, postou um tweet dizendo: "Brasil, você será o próximo alvo" .

Os oficiais brasileiros disseram que, enquanto houver qualquer tipo de indício que conduza tal ato, eles estarão monitorando e tomando as medidas necessárias para extinguir essa situação, e que o país está tomando todas as medidas para salvaguardar os jogos que acontecerão entre os 5 e 21 de agosto.

Publicidade

Nossa inteligência brasileira também acrescentou que um número de brasileiros e estrangeiros que moram aqui e que talvez simpatizem com a causa islamita e com organizações terroristas estão sendo monitorados de perto.

A notícia surge na sequência da detenção de 10 pessoas suspeitas de planejarem um atentado terrorista durante as Olimpíadas, havendo notícia de existirem mais dois suspeitos que estariam sendo procurados pelas autoridades. A revista Veja apontou que cerca de 32 pessoas teriam declarado sua fidelidade ao autoproclamado Estado Islâmico, sendo que o aplicativo Telegram seria o meio de comunicação usado pela rede. #Rio2016