O Rio de Janeiro está prestes a receber a Olimpíada. Os jogos tem sua abertura oficial já no próximo dia 05. Faltando pouco mais de 15 dias para o evento, muita gente teme ataques terroristas na cidade. Enquanto isso, os policiais militares tentam acabar com os bandidos da região, que segundo o Ministro da Defesa, Alexandre de Moraes, preocupam mais que o Estado Islâmico. Nesta quarta-feira, 20, por exemplo, uma ação foi realizada no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

Durante a operação, um dos caveirões utilizados acabou sofrendo um problema. Por ser muito pesado, ele despencou de uma estrutura. Ninguém teria ficado ferido.

Publicidade
Publicidade

Apesar do pequeno incidente, a Polícia Militar diz que a Operação foi um sucesso. A PM diz que prendeu um dos maiores traficantes da cidade, Wallace da Silva Ferreira, de 34 anos. Cerca de uma tonelada de drogas também foram apreendidas. 

Nas redes sociais, no entanto, o caso virou uma piada. Nas redes sociais, montagens foram feitas com a queda do caveirão e com a preparação de militares para prevenir ataques terroristas. "E ainda querem pegar os terroristas... imagina se não quisessem", escreveu um carioca. As piadas em relação à violência local e os supostos atentados que possam atingir a cidade ganharam tona depois que um jornal francês publicou uma suposta intenção do Estado Islâmico em atingir a cidade. O governo francês disse que a matéria era mentirosa e precipitada. 

Até o fechamento desta reportagem, por volta das 15h40, a operação policial continuada.

Publicidade

Os policiais estavam tento o apoio do Core e do choque. De acordo com o jornal carioca Extra, uma guincho teria sido enviado ao local. Ele terá o objetivo de fazer com que o caveirão saia da região. Outra operação está sendo realizada em outra favela do Rio de Janeiro, no Complexo da Maré. No entanto, ainda não há informações do que teria sido apreendido. 

Profissionais de segurança de mais de cem países estarão no Rio de Janeiro para ajudar a Polícia Federal durante a Olimpíada. O Exército também ficará nas ruas durante o período dos jogos.  #Rio2016 #Casos de polícia