A comediante Cláudia Rodrigues passou por apuros na semana passada na mão de dois criminosos. O caso somente ganhou repercussão nesta sexta-feira, 22, quando em um vídeo do Youtube a atriz revelou como tudo ocorreu. De acordo com a eterna 'A Diarista', a ação ocorreu na cidade de Curitiba, no Paraná. Por conta das agressões, a humorista precisou usar uma cadeira de rodas ao chegar em um aeroporto do Rio de Janeiro, o Santos Dumont. Ela teria, de acordo com informações do portal de notícias da Globo, ficado com o tornozelo quebrado por conta da ação. A atriz que se recupera de uma transfusão de medula para o tratamento de esclerose múltipla necessitará permanecer dois meses sem sequer pisar no chão. 

Drama é contado em vídeo

No vídeo, Cláudia conta que além dela, a filha e a empresária também foram alvos dos assaltantes em Curitiba.

Publicidade
Publicidade

Eles teriam agido com muita violência, tirando elas do carro. Além do tornozelo, de acordo com o relato de Rodrigues, o pé e a fíbula dela foram quebradas. Os planos da atriz também mudaram por conta das agressões. Em outubro, ela estrearia um programa de humor na web, mas ela preferiu deixar tudo para o ano que vem, quando além do pé, a comediante também deve ter um aval melhor de sua saúde na questão da esclerose múltipla. O drama dela contagiou o país, que torce por uma melhora o mais rápido possível. 

Violência em assalto no Paraná atinge até famosa doente

De acordo com o relato de uma fonte que também passou pelo assalto, os criminosos só não mataram as três mulheres porque reconheceram o trabalho de Claudia. O relato foi feito pela empresária da atriz, que garantiu que um dos bandidos era fã de Rodrigues.

Publicidade

Mesmo assim, eles agiram com bastante violência e o roubo foi efetuado, mostrando que ninguém está livre de sofrer atuações tensas como essa. 

Apesar de não estar trabalhando em nenhum canal, Cláudia teria um plano de saúde pago pela Rede Globo de Televisão. Esse seria caríssimo e custearia todo o tratamento dela contra a esclerose múltipla.  #Crime #Investigação Criminal