Jair Bolsonaro, deputado pelo PSC do Rio de Janeiro, acidentou-se nesse último domingo, (3), quando tentou fazer um ‘stage diving’ em um comício na Barra da Tijuca. O ‘voo’ por cima da plateia feito por diversos cantores nos palcos musicais não caiu muito bem para o político carioca. A população que acompanhava o comício filmou a cena através de celulares e diversos vídeos que mostram a queda do Deputado inundaram o YouTube.

Empolgados e aos gritos de ‘mito, pula mito’, Jair Bolsonaro decidiu fazer a felicidade dos seus seguidores e dar o conhecido ‘stage diving’, muitas vezes realizado por cantores #Famosos. Ele se preparou em cima do carro que puxava o comício e pulou mirando os braços do povo que estava o aguardando logo abaixo.

Publicidade
Publicidade

No entanto, para a surpresa do ‘mito’, ao invés de segurá-lo, o grupo se afastou e deixou Bolsonaro cair.

No evento político, Jair Bolsonaro estava sendo seguido por uma grande ‘plateia’ que, em sua grande maioria, estava fantasiada de alguns personagens ‘viris’ do cenário brasileiro e mundial. Como é o exemplo do Capitão América, do ator Paulo Cesar Rocha, policiais do Batalhão de Choque e também fantasias do conhecido personagem da Escolinha do Professor Raimundo, o Paulo Cintura. Alguns usavam máscaras, outros se vestiam com as roupas dos personagens citados.

Debaixo das câmeras de vários celulares, o ‘mito’ se levantou com um sorriso desconfiado e com a ajuda de algumas pessoas, e passou a caminhar como se nada tivesse acontecido. Bolsonaro cumpre na Câmara dos Deputados de Brasília seu sexto mandato como parlamentar e, atualmente, declarou-se como um dos pré-candidatos à Presidência da República, em 2018.

Publicidade

Jair Bolsonaro também é bastante conhecido por, muitas vezes, se envolver em ‘confusões’ e bate-boca com integrantes do movimento LGBT. Em outra oportunidade, o político havia se envolvido em uma confusão que, talvez, possa custar até mesmo o seu mandato parlamentar. Isso porque, em dezembro de 2014, o Deputado afirmou que só não estupraria a Deputada Maria do Rosário, (PT-RS), porque ela não merecia isso. #Acidente #Dentro da política