Os terroristas do #Estado Islâmico, comumente utilizam o Telegram para divulgar comunicados e fazer propaganda do grupo, e nessa semana foi divulgado que, após um grupo brasileiro manifestar apoio a eles, uma nova mensagem foi emitida, mas dessa vez com orientações para a realização de ataques terroristas no Brasil. Segundo uma divulgação feita por uma especialista no combate ao #Terrorismo dos Estados Unidos, Rita Katz, o grupo emitiu uma mensagem em que chama todos os seus ‘lobos solitários’ do Brasil para realizarem ataques durante o período os jogos olímpicos.

Instruções terroristas

Katz afirmou que, dentre outras coisas, os jihadistas sugeriram que seus seguidores realizem ataques contra meios de transporte públicos e aeroportos, o que, segundo essa informação, demonstra que o objetivo do grupo não seria apenas atingir os estrangeiros no país, mas também os brasileiros.

Publicidade
Publicidade

As orientações de atos terroristas não param por aí e também sugerem envenenamento de pessoas, esfaqueamentos, realização de sequestros com reféns e a divulgação de notícias falsas sobre eventuais ameaças e ataques.

Grupo radical brasileiro apoia o terrorismo islâmico

Na última segunda-feira, 18, a mesma especialista que divulgou a lista de possíveis ações terroristas no Brasil, também informou que um grupo de brasileiros havia manifestado apoio ao Estado islâmico através do aplicativo Telegram, que é parecido com o WhatsApp.

O grupo teria postado uma mensagem dizendo que se a França não pôde impedir os ataques que ocorreram no país na semana passada, também não adiantaria de nada o treinamento concedido por eles à polícia brasileira.

Apesar da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) não ter confirmado a veracidade da mensagem divulgada, já houve confirmação da existência de uma página em português feita pelo Estado Islâmico e que visa recrutar combatentes do Brasil.

Publicidade

A Abin e a divisão antiterror da Polícia Federal fazem o monitoramento daquele que seria considerado o recrutador de brasileiros, Ismail Abdul Jabbar Al-Brazili.

Por fim, a inteligência brasileira anunciou que está trabalhando com cautela e analisando minuciosamente cada ameaça, juntamente com a inteligência de outros países. Já o governo federal tranquilizou os brasileiros e turistas, alegando que o país está preparado para as olimpíadas.

Para essa preparação, quase trinta mil homens das forças armadas e força nacional de segurança estarão no Rio de Janeiro, além de policiais militares, civis e federais. Também haverá forte esquema de segurança em São Paulo, onde ocorrerão dez partidas da competição de futebol. #Rio2016