A alta taxa de violência na cidade de São Paulo fez com que muita gente pensasse em sair da região nos últimos tempos. No entanto, a população não tem para onde ir. Para onde vai, sempre há um bandido que consegue se sobrepôr à lei. Nesta quarta-feira, 20, o apresentador José Luiz Datena falou sobre o assunto, em especial o uso das armas de brinquedos. Em tempos em que o Brasil receberá a Olimpíada, a violência ganhou mais espaço no noticiário. A cidade que alega não haver risco para terroristas, no entanto, vive o terror do dia a dia por conta dos criminosos. 

Datena, que chegou a anunciar que concorreria ao cargo de prefeito de São Paulo, mas que desistiu da candidatura, aproveitou o espaço no 'Brasil Urgente', da TV Bandeirantes, para criticar o fato do governo permitir que armas de brinquedos sejam vendidas no país.

Publicidade
Publicidade

Ele chegou até a testar algumas delas ao vivo. Os telespectadores mais desavisados levaram um susto ao ver o jornalista "armado" na TV. Muita gente usou as redes sociais para dizer que ele exagerou. 

O profissional da mídia continuou a demonstrar habilidade ao manusear as armas no ar, o que causou ainda mais espanto. Mesmo assim, ele continuou a defender que brinquedos como aqueles não fosse mais legais em território brasileiro. O profissional da mídia alegou que muitos crimes estão sendo feitos com o uso dessas armas. Os índices de roubos, por exemplo, estariam a crescer em ritmo alucinante. 

"Isso daqui deveria ser proibido imediatamente. Só favorece ao crime e, tudo que favorece ao crime, deveria ser proibido", disse um dos maiores salários do jornalismo brasileiro. Apesar de querer a proibição das armas de brinquedo, o jornalista não só disse que era bom de tiro, como também atirou no ar.

Publicidade

Ele disse que não é capaz, no entanto, de atirar em outro ser humano. Datena alegou que ficaria muito nervoso e poderia morrer com a reação demorada. 

Ele ainda chegou a acertar latinhas no ar. O 'Brasil Urgente' é uma das maiores audiências da TV Bandeirantes, mas Datena já fala em se aposentar.  #Investigação Criminal