A Secretaria de Saúde do estado do Acre confirmou dez casos de #Doença de Chagas e existem mais três suspeitos que aguardam confirmação. O caso aconteceu no município de Feijó, localizado a 366 km da capital Rio Branco.

As pessoas são membros de uma mesma família e encontram-se todos internados no Hospital de Feijó. Os outros casos suspeitos deverão ter o resultado na segunda-feira (18). A administração do hospital informou que os pacientes, além de serem parentes, moram na mesma região. Eles moram no Seringal Miraflor, na zona rural. Não foi divulgada a identidade dos pacientes.

Segundo informação da direção do hospital, os primeiros casos chegaram à unidade no dia 08 de julho e o restante dos pacientes deu entrada no dia 14 de julho.

Publicidade
Publicidade

O estado de saúde deles é estável. A diretora do hospital, disse que ainda é cedo para afirmar se a contaminação ocorreu através do açaí. Haverá uma investigação para descobrir as causas do contágio. Equipes responsáveis pela vigilância epidemiológica deverão ir ao local para averiguação na próxima semana.

Doença de Chagas

A Doença de Chagas tem esse nome em homenagem a Carlos Chagas, que foi o médico que descreveu pela primeira vez a enfermidade, isso ocorreu nos anos de 1908/1909. No entanto, a doença não foi vista como um problema grave de saúde pública.

A transmissão ocorre pela picada do barbeiro, através das fezes do inseto. Pode ocorrer contágio através de transfusão de sangue e transplantes de órgãos. A contaminação também ocorre pela ingestão de alimentos contaminados. O inseto pode se misturar no açaí e ser triturado juntamente com o fruto, causando a contaminação.

Publicidade

Não existem vacinas contra a doença e a as formas de prevenir é eliminando o inseto transmissor e evitando suas picadas.

Sintomas da doença

O paciente pode apresentar cansaço, dores pelo corpo e de cabeça, erupções na pele, vômitos e diarreia. O mais conhecido é o aumento do coração que provoca uma insuficiência cardíaca.

Após ingerir açaí contaminado, um casal de jovens acabou morrendo no início do ano, depois serem contaminados com a Doença de Chagas. O caso aconteceu também no estado do Acre, na cidade de Rodrigues Alves, na zona rural