Neste fim de semana, segundo informações do 'Diário do Poder', manifestantes do grupo 'Vem Pra Rua' realizaram um ato na região mais famosa da maior cidade do país, São Paulo. O grupo caminhou pela Avenida Paulista e ficou à frente de um local simbólico, a Justiça Federal do estado de São Paulo. O protesto foi em prol da continuação das investigações da Lava Jato, que são conduzidas pelo juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba, no Paraná. Além disso, o grupo se manifestou também a favor de novas medidas favoráveis ao fim da corrupção, especialmente em um momento em que tantos escândalos aparecem no país. 

Um dos apoios é ao da campanha 'Dez Medidas Contra a Corrupção', que foi criada sob o auxílio do Ministério Público Federal (MPF).

Publicidade
Publicidade

A #Manifestação reuniu pessoas carregando enormes cartazes, além disso, o grupo apareceu munido de folhetos desde cedo. A manifestação também era contra a presidente afastada #Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (#PT). Ela vem pedindo através das redes sociais para que os brasileiros realizem atos contra o que chama de "golpe" parlamentar. No entanto, o apoio de Rousseff tem ficado restrito aos petistas, a prova disso é a "vaquinha" que deu bastante certo com a turma de esquerda.

Em apenas dois dias, o grupo da afastada conseguiu mais de R$ 500 mil. O que ela vai fazer com tanto dinheiro? O dinheiro será usado para bancar as viagens de Dilma pelo país. Nessas viagens, a petista fala contra o presidente em exercício Michel Temer, do PMDB. A decisão de fazer a "vaquinha virtual" aconteceu depois que a Casa Civil proibiu viagens da presidente afastada pelos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) em destinos que não envolvessem o eixo Rio Grande do Sul e Brasília. 

A companheira do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva até venceu uma ação da justiça do Rio Grande do Sul, que diz que ela pode até viajar nas asas da FAB, mas que para isso terá que pagar tudo o que for gasto pelo governo e pela Força Aérea.

Publicidade

Não tendo muito o que fazer, o jeito foi a representante do PT tentar um "dinheirinho" a mais.