A JBS sempre negou que tenha qualquer ligação com Lulinha, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O boato, no entanto, continua a ser usado contra a empresa, que é dona da marca 'Friboi'. Aliada à essa má imagem e também (principalmente) a crise econômica brasileira, a empresa já vê a venda de suas carnes desabar. A Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos) afirmou nessa semana que a crise no setor é histórica. A empresa dona da Friboi confirmou que também sente a crise e que ela está forte. A venda ao mercado interno preocupa e tem consequência e olha que a JBS mira bastante no mercado internacional

A empresa é a número 1 no processamento de carne de bois, porcos e aves.

Publicidade
Publicidade

Ela está sediada no Mato Grosso do Sul e pode agora tomar medidas duras. Em entrevista ao 'Campo Grande News', uma fonte ligada à Friboi que a empresa já teve queda de 20% na venda de carnes de boi nesse ano. A informação confirma exatamente os números que foram postos pela Abrafigo e também pela Companhia Nacional de Abastecimento. A média anual de carne vermelha consumida pelo brasileiro era de 40 quilos, pouco mais de 100 gramas por dia. Agora isso caiu para pouco mais de 90 gramas, chegando a 32 quilos anuais. 

A explicação é óbvia, com a crise econômica, os brasileiros foram ficando cada vez com menos dinheiro. Isso fez com que eles optassem por outros tipos de alimentos mais baratos, como os ovos. O desemprego e a inflação altas ajudam a explicar a queda. Atualmente, o número de desempregados chega a quase 11% da população do país.

Publicidade

O número da inflação anual também beirou 10% no ano passado. Apesar de cair, muita gente tem medo do futuro. Por isso, evita fazer despesas e economiza mensalmente para garantir a sobrevivência do mês seguinte.

Muito dessa crise foi abastecida com a falta de jogo político da presidente afastada Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (#PT), que luta contra um processo de impeachment instalado no Senado Federal. Para que a deposição seja necessário, 54 Senadores assim precisam votar.  #Lula