A Caixa Econômica Federal iniciará amanhã, 28 de julho, todos os pagamentos de rendimentos do PIS (Programa de Integração Social) e o abono salarial. Vinte e um milhões e quatrocentos mil trabalhadores receberão o pagamento relativo ao ano-base de 2015. A nova data do pagamento prevê mudanças na soma do valor e está adequada à Lei 13.134, que determina que o pagamento será proporcional à quantidade de meses que o trabalhador exerceu a sua função durante o ano de 2015. Ou seja, quem trabalhou 3 meses receberá 1/3 do pagamento. O Ministério do Trabalho informou que o período para fazer o saque será de um mês e terminará no dia 31 de Agosto.

Quem nasceu entre julho e dezembro vai receber o benefício ainda este ano, mas os trabalhadores que nasceram entre janeiro e junho só irão receber nos três primeiros meses de 2017.

Publicidade
Publicidade

O benefício ficará à disposição até o fim do mês de junho do ano que vem.

Quem pode ganhar o benefício do PIS/PASEP?

O abono salarial é para as pessoas que cadastraram o PIS até o ano de 2011, ou seja, cinco anos de cadastro. O trabalhador tem que ter trabalhado 30 dias seguidos ou não em 2015. A Carteira de Trabalho tem que estar assinada por alguma empresa e o trabalhador deve ter recebido até dois salários mínimos por mês.

Rendimentos - O trabalhador que fez o cadastro do PIS-PASEP até o dia 4 de abril de 1998 e que tem dinheiro na conta do PIS terá direito ao benefício do rendimento. Tem direito ao Saldo de Cotas, o trabalhador que apresenta um desses motivos: invalidez permanente, aposentadoria, pessoas com idades igual ou superior a setenta anos, titular ou dependente portador do vírus da Aids, transferência de militar para a reserva remunerada, benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso e morte do titular.

Publicidade

Se ainda não ficou muito claro sobre quem tem direito ao benefício do PIS, você pode acessar o site da Caixa Econômica Federal ou ligar diretamente para o canal de atendimento. Para fazer esses procedimentos você terá que ter o número do seu PIS em suas mãos. #Governo #Legislação #Dicas