O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, está usando o seu perfil oficial no Twitter para dar diversos foras, inclusive em eleitores e moradores do município que governa, o Rio de Janeiro. Desde às 18h30 deste domingo, ele tem se comunicado com seguidores no microblog de 140 caracteres. O representante do PMDB, no entanto, acabou se irritando com um carioca. A irritação foi a tal ponto que Eduardo Paes chegou a mandar um dos moradores da cidade maravilhosa a sair do município. Parece que ele é daqueles que gosta de usar o velho ditado "os incomodados que se mudem". 

O morador disse que 90% do ódio e do nojo que tem por morar na cidade do Rio são motivados por conta do prefeito.

Publicidade
Publicidade

Ele então não gostou e disse que o seguidor era da "cultura inútil". Na rede social oficial e verificada, o político ainda chamou o eleitor de "meio lerdo", e "Meio surdo". Em seguida, o peemedebista disse que não era porque o homem era surdo fisicamente, mas porque não saberia ouvir. O carioca então não gostou do "jeitão" de seu governante e respondeu. Estava formada a "treta online".

"Olha ele todo nervosinho", disse o rapaz que teimava em continuar a briga online. O morador então disse que o que Eduardo fazia online era algo muito feio. Paes foi enfático "Se muda Pô", sugerindo que em outra cidade, com menos problemas, o jovem seria mais feliz. Ele ainda emendou mandando que o seu contestador aproveitasse o domingo indo à igreja ou namorando. O governante da cidade que receberá a partir do mês que vem os jogos olímpicos ainda pediu que seu contestador fosse menos mal-humorado.

Publicidade

"Deixa de ser mal humorado po. Toma um chopp, joga uma pelada, dorme cedo, vai a igreja, dá uma namorada. Domingo pode”.

Não é a primeira vez que o prefeito cria polêmica. Ele tem estado no centro das atenções não só do país, mas do mundo, justamente por conta dos jogos, que custaram cifras bilionárias. A festa ocorrerá quando o estado enfrenta uma das suas maiores crises da história, ameaçando demitir até servidores concursados não estáveis.  #Rio2016