A duas semanas do início dos Jogos Olímpicos Rio 2016 as ameaças de ataques terroristas no país só aumentam. Grupos Jihadistas e extremistas do #Estado Islâmico estão convocando e sugerindo que os chamados 'lobos solitários', que são aqueles terroristas que agem sozinhos, se dirijam ao Rio de Janeiro e realizem atos de #Terrorismo durante a realização das Olimpíadas. 

Os alvos dos ataques seriam, principalmente, os turistas e as delegações dos Estados Unidos, da França, Israel e Inglaterra. São sugeridos métodos de ataques como acidentes de trânsito, o uso de medicamento e veneno, além de drones com explosivos. De acordo com o SITE Intelligence, especializado em investigar a atuação de grupos extremistas na internet, as orientações para os ataques foram postadas em inglês no aplicativo de mensagem Telegram, meio usado pelos extremistas para estimular a ação dos lobos solitários, divulgar manuais e celebrar a realização de ataques. 

O primeiro canal para a divulgação de propagandas jihadistas em português foi criado no mês de junho no Telegram, pelo Estado Islâmico, dirigido principalmente ao público do Brasil.

Publicidade
Publicidade

Desde então, um grupo que se autointitula “Ansar al-Khilafah Brazil”, e se diz baseado no Brasil, está sendo incitado à prática de ataques terroristas, principalmente durante a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. 

De acordo com esse post, é para os seguidores aproveitarem e usarem as favelas do Rio de Janeiro, que já possuem uma criminalidade disseminada e, além disso, aproveitar da fragilidade da fronteira do Brasil com o Paraguai para entrarem com armas no país. Foi informado também que as entradas, viagens e vistos para o Brasil estão fáceis de obter.

Segundo o SITE, é preciso que o Brasil esteja atento a qualquer tipo de ameaça de ataque terrorista e acompanhe as ações online dos grupos jihadistas e do Estado Islâmico voltadas para o público que fala português, além disso, nenhum país está imune aos ataques dos grupos radicais.

Publicidade

Como a Olimpíada é um evento mundial, é justificável o Brasil ser alvo de ataques. O SITE ressalta também o papel perigoso das mídias sociais para o terrorismo moderno, visto que os grupos radicais conseguem alcançar usuários em qualquer lugar do mundo. 

É muito preocupante a convocação destes terroristas que agem sozinhos, visto que, nas últimas semanas, essa estratégia tem dado certo e causado muitas mortes. Vimos o terrorista que agiu sozinho em Nice, e matou 84 pessoas e deixou dezenas feridas, o ataque à boate gay em Orlando, que matou 49 pessoas, e, há três dias, um imigrante afegão que feriu 4 pessoas em um trem na Alemanha.  #Rio2016