Ex-tenista, Fernando Meligeni chegou ao 25º lugar no ranking, foi semifinalista em Roland Garros e derrotou Pete Sampras. Hoje, é comentarista esportivo de um canal de televisão. Nesta segunda-feira, 18, ele publicou um artigo no site da ESPN em que afirma que disse "não à tocha olímpica". O desabafo do ex-atleta, segundo ele, ocorreu depois de muitas pessoas perguntarem se ele participaria do revezamento da tocha olímpica. Fernando diz que pensou com muito carinho a respeito do assunto, já que muitas pessoas realmente se emocionam com esse momento. Ele diz que não julga os colegas, mas que tem uma opinião e uma decisão. O desabafo do atleta ocorreu depois que foi divulgado que cada pessoa pagava cerca de R$ 2 mil para levar a tocha para casa. 

O ex-tenista disse que chegou a pensar com o coração, afinal, seria um momento legal, mas que o revezamento era mais algo para aparecer na rede social, do que realmente um ideal em busca do prazer olímpico.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ele, demostrar o "olimpismo" não é carregar uma tocha, mas lutar pelo país, defendendo  o esporte e lutando em todas as batalhas em que for convocado. Para Fernando Meligeni, muitas das pessoas que participaram do revezamento não se importariam com a verdadeira situação do país, enquanto outras merecedoras sequer foram convidadas para a festa dos jogos, que começam a partir do dia 05 no Rio de Janeiro. 

O ex-atleta ainda revela que sua decisão é pessoal e lembra um episódio polêmico. Segundo ele, um dos chefes perguntou se ele participaria, mas até então seu nome não havia sido cogitado. Na sua frente, o homem que não teve o nome revelado, ligou para o Comitê Olímpico e resolveu a situação. Fernando diz que nunca teve uma boa relação com o Comitê, mas desabafa ao questionar se é isso mesmo que ele merecia depois de ter representado tanto para o esporte brasileiro.

Publicidade

Ele encerra então dizendo que não participaria de um revezamento que deixou vários atletas esquecidos e diz que festejará as Olimpíadas com as medalhas que surgirem.  #Rio2016 #É Manchete!