Nesta segunda-feira, 04, o Brasil ficou conhecendo mais um caso de corrupção envolvendo membros do Partido dos Trabalhadores (PT). Preso desde o dia 24 de junho, durante a 'Operação Custo Brasil', o ex-tesoureiro da legenda que elegeu a presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, teria bancado uma escola de samba de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, utilizando dinheiro de corrupção. As evidências foram dadas pela própria Polícia Federal na etapa de número 31 da Lava Jato. Além do Carnaval local, Paulo teria bancado sites que falam bem de Dilma e contra o impeachment.

Por conta da ajudinha extra à escolas de samba da região, o ex-tesoureiro do #PT virou até enredo de Carnaval.

Publicidade
Publicidade

Em um deles, ele foi chamado de 'O Rei do Carnaval'. Mesmo preso, o homem que operava dinheiro para o PT recebeu um segundo mandato de prisão preventiva, o que deve impedir que o primeiro expire e ele seja liberto. De acordo com uma reportagem do jornal 'O Globo', o petista foi homenageado por pelo menos duas escolas de samba do Rio Grande do Sul no período em que teria recebido propina saída de um centro de pesquisa da Petrobrás e também da Consist. 

Uma das escolas que levou o petista para a avenida foi a 'Academia de Samba Praiana'. O enredo foi "Uma declaração de amor em Verde e Rosa: Paulo Ferreira, um homem do Carnaval". Na letra do samba, o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores é chamado de homem que levou o carnaval com seriedade. Até uma bandeira com o nome de Paulo chego uma ser bordada.

Publicidade

Ele estava na inauguração da nova quadra da escola, inaugurada no ano de 2009, justamente quando o esquema de propina teria tido início. 

As investigações dão conta que uma madrinha de bateria, um cantor de uma das escolas e até filhos do petista teriam recebido o dinheiro que saiu da Petrobrás. Outros nomes também funcionaram como 'Laranjas' e receberiam uma porcentagem dos valores para lavar o dinheiro 'sujo'. 

Ouça abaixo o samba enredo em homenagem ao ex-tesoureiro do PT que bancou Carnaval com propina:

#Crime