A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) fez um comunicado na segunda-feira (25) sobre a primeira vacina no país para proteger contra a #Dengue. A vacinação custará em média R$ 132,76 a R$ 138,53, baseado nas alíquotas dos estados.

A vacina já está disponível para que clínicas e hospitais possam adquirir, já para os consumidores haverá uma taxa extra para que ela seja aplicada.

Segundo informações do Ministério da Saúde, não está previsto quando ocorrerá a disponibilização para a rede pública. Será realizada uma análise dos custos que serão gerados pela inclusão da vacinação em todo país, sendo favorável, a vacina será aplicada de forma gratuita.

Publicidade
Publicidade

O governo do Paraná comunicou que comprará 500 mil vacinas.

A vacina dengvaxia irá proteger contra os quatro tipos de dengue e a faixa de idade para aplicação do produto será de 9 anos a 45 anos, com três doses, divididas em intervalos de seis meses cada. É importante salientar que não é considerada uma proteção 100%.

A aprovação do produto aconteceu no mês de dezembro do ano passado (2015). Durante a realização dos testes com a vacina, 66% das pessoas que a receberam ficaram imunes e houve redução de internação e casos considerados mais graves.

Como foi feita a vacina?

A produção foi feita atenuando um vírus vivo, eficaz aos quatro tipos existentes da #Doença. Os testes envolveram mais de quarenta mil indivíduos em diferentes países. Durante as pesquisas 3.500 brasileiros se submeteram aos testes com a vacina.

Publicidade

João Bosco, médico especialista na área, esteve presente enquanto a vacina estava em estudo, ele disse que os meios de prevenir usados no país são os mesmos durante anos e agora teremos uma coisa diferente para ajudar no combate a doença.

Combate a dengue

O meio de prevenção contra a dengue é combater o mosquito transmissor da doença, o aedes aegypt, que também transmitem a chikungunya e o zika. O governo promove campanhas para conscientizar a população do país no combate a disseminação do transmissor, evitando ter água parada para que não haja mais proliferação. A grande maioria dos focos do mosquito estão dentro das residências.