A atendente de lanchonete, Rosilene Medeiros, de 30 anos, diz ser vítima de injúria racial. De acordo com ela, o caso teria acontecido em seu local de trabalho, dentro de uma lanchonete franqueada da Subway, no centro do Rio de Janeiro. Rosilene acusa a gerente do estabelecimento de espalhar, pelas redes sociais, fotos dela trabalhando.

O fato é que tais fotos foram publicadas sem a sua permissão e, além disso, as imagens publicadas continham o seguinte comentário. ''Protagonista da novela escrava Isaura''. O caso foi registrado no dia 7 de junho de 2016, mas foi noticiado somente agora. De acordo com as imagens, a mulher foi fotografada limpando o chão e o balcão da lanchonete.

Publicidade
Publicidade

Revoltada com o episódio, a mulher resolveu pedir demissão.

O caso acabou gerando revolta tanto em Rosilene quanto em seus familiares. “Tenho uma filha de sete anos, e ela ficava me questionando por que eu estava tão nervosa, por que eu tremia e chorava muito”, declarou. Ainda revoltada com a situação, a mulher conta que chegou a procurar o responsável pelo estabelecimento e contou tudo. Em resposta, o proprietário da lanchonete alegou não ter identificado ofensa racial neste caso e que sua gerente estava apenas elogiando sua funcionária por compará-la a uma grande atriz.

O caso foi registrado na 29º DP de Madureira. De acordo com o delegado titular da 29º DP, Niandro Ferreira Lima, o inquérito policial foi concluído na última quinta-feira (21). A gerente será acusada de promover injúria racial.

Publicidade

Segundo o artigo 140, a acusada poderá pegar de um a quatro anos de detenção além da multa.

Nota

Por meio de um comunicado, o Subway declarou que “não aceitará qualquer ato de #Racismo em restaurantes da sua rede e ordena que o franqueado peça desculpas pelo ocorrido”. A empresa também cita que irá qualificar o treinamento repassado para seus funcionários, visando evitar que casos semelhantes se repitam e prejudiquem ainda mais a imagem do Subway.

“Os profissionais da área são orientados para agirem de forma ética e respeitando as pessoas. O franqueado responsável pelo estabelecimento de onde ocorreu o caso tomou medidas severas notificando a gerente do episódio''. Ainda de acordo com o Subway, a rede informa que estão colaborando com as investigações e aguarda a conclusão do inquérito policial, para adotar medidas cabíveis, conclui a nota. #Entretenimento #Curiosidades