A Senadora Gleisi Hoffmann, do Partido dos Trabalhadores do Paraná, deu declarações polêmicas nessa semana durante sua participação na Comissão de Assuntos Econômicos. Ela disse que a culpa da crise econômica no Brasil não era da má gestão da presidente afastada Dilma Rousseff, mas sim dos empresários brasileiros. A representante do #PT rapidamente ganhou protestos dos colegas, que não aceitaram as afirmações feitas por ela. A fala foi dita durante depoimentos de diretores do Banco Central brasileiro, que falam sobre como o Brasil deve superar esse período. 

O Senador Ivo Cassol, por exemplo, do Partido Progressista de Rondônia, detonou os argumentos da Congressista que chegou a ter o marido preso recentemente, "É injustiça querer culpar o setor produtivo pela incompetência (do #Governo)", esclareceu ele.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a petista, no entanto, foram os empresários que criaram uma crie no ano de 2008 e que o governo internalizou os problemas, tentando resolvê-los. Gleisi acabou os empresários de terem o governo, por exemplo, de ter aumentado os juros do Banco Central. 

Não é a primeira vez que Gleisi protagoniza fortes polêmicas no Congresso. Ela, por exemplo, é uma das principais defensora da presidente afastada Dilma Rousseff. Na comissão do impeachment, a petista que comprou um apartamento de luxo de cobertura em Curitiba, no Paraná, nos últimos anos, alega que a saída de Dilma prejudicará os pobres. Segundo ela, o presidente em exercício, Michel Temer, do PMDB, está armando um plano de "golpe" contra o povo brasileiro, podendo retirar até direitos como o 'Bolsa Família'. Temer não só negou as alegações, como aumentou acima do que Dilma havia proposto o principal programa social do governo do PT.

Publicidade

Hoffmann, no entanto, também recebe acusações fortes. O marido dela, o ex-Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, chegou a ser preso pela Polícia Federal durante a operação 'Custo Brasil'. Ele foi liberado depois do Ministro Dias Tóffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), assim definir.  #Investigação Criminal