Nesta quarta-feira, 27, uma enorme polêmica tomou conta da #Internet. Começaram a repercutir imagens do 'Google Maps', serviço de busca através de mapeamento do Google, que diziam que o lar do 'Anticristo' fica em uma igreja evangélica, mais precisamente na sede Mundial da Igreja Universal do Reino de Deus, que fica localizada no Templo de Salomão, em São Paulo. O Google costuma permitir que seus usuários comentem nos mapas e criem novas localizações. Com isso, quem se interessar por onde mora o Anticristo basta dar uma pesquisa. Ao digitar a palavra no campo de busca e apertar enter, o internauta é levado para o endereço da Igreja do bispo Edir Macedo, dono da TV Record.

Publicidade
Publicidade

Edir Macedo não se pronunciou 

Não se sabe se a inscrição na busca teria alguma relação com Edir Macedo, mas até o fechamento desta reportagem o link com a pesquisa inusitada continuava funcionando normalmente. O líder evangélico ainda não comentou a polêmica. A construção do Templo de Salomão é uma das obras mais caras do Brasil, superando até mesmo a construção de grandes estádios. De acordo com a Igreja Universal, a obra custou R$ 680 milhões. Ou seja, é como se cada brasileiro desse mais de R$ 3 para a construção. O terreno ao todo tem mais de 100 mil metros quadrados, já a igreja consegue comportar ao mesmo tempo até dez mil pessoas. 

Com a palavra o Google

De acordo com a Universal, o Templo de Salomão é a maior igreja do Brasil, superando até mesmo o Complexo mariano de Aparecida, em São Paulo. Segundo uma reportagem publicada pelo TecMundo, especializado em matérias de tecnologia, o Google tentou se isentar de qualquer culpa que possa ter em relação ao assunto.

Publicidade

A entidade garante que quem fez a ação foram os próprios usuários. Veja abaixo a nota enviada pelo Google:

"Os mapas têm muitas fontes, inclusive os próprios usuários. De qualquer forma, todo usuário que encontra erro ou imprecisão no serviço pode reportá-los através da ferramenta ‘reportar um problema", diz a entidade que é recordista no mercado das buscas.  #Religião