O revezamento da Tocha Olímpica continua a produzir acidentes em todo o Brasil e também momentos inusitados. Nessa semana, a dona do Magazine Luiza chegou a cair enquanto carregava a tocha. Nesta quinta-feira, 21, um acidente mais grave aconteceu e envolveu uma motocicleta e uma bicicleta de agentes da Polícia Militar. Eles faziam a segurança do acessório que representa os jogos olímpicos, quando este passou pela cidade de Osasco, em São Paulo. No momento do #Acidente, o policial perdeu completamente o controle da moto. Ele acabou atropelando um batedor de bicicleta que estava à frente. 

Os dois se machucaram ao cair no chão.

Publicidade
Publicidade

Todo o aparato de saúde os socorreu rapidamente. Uma ambulância precisou ser usada para levar os profissionais até o hospital mais próximo, mas os primeiros socorros foram feitos ali mesmo. Enquanto as equipes de saúde socorriam os policiais, um homem decidiu fazer o registro do acontecimento de forma inusitada. Com um celular, ele fez uma selfie com o plano de fundo do acidente. O senhor foi muito criticado por conta de sua atitude nas redes sociais, mesmo em se tratando da não muito amada tocha olímpica.

No momento da selfie, o homem ainda ficou no meio da pista, atrapalhando até mesmo o socorro. Felizmente, nenhum dos dois homens teve ferimentos considerados graves. De acordo com as primeiras informações, a moto ficou com o cabo da embreagem danificado, o que fez com que seu condutor perdesse o controle.

Publicidade

A pessoa que carregava a tocha olímpica não foi atingida, mas por conta do acidente, durante vinte minutos o revezamento foi interrompido, até que os homens fossem socorridos. 

A tocha seguiu para a cidade de Itu, onde um homem tentou apagar as chamas com refrigerante. Ele teria sido detido. Desde que o revezamento começou, incidentes como esse aconteceram em todo o país. Mais de dez pessoas já foram presas. A maioria delas pagou fiança, de cerca de R$ 1 mil e foi liberada. Já existe até vaquinha na internet para realizar o pagamento das ações contra prisões.  #Rio2016