Depois do desabafo feito pela missionária Bianca Toledo sobre o seu divórcio (veja aqui), o senador e pastor Magno Malta (PR-ES) veio a público contar o que aconteceu com o pastor Felipe Garcia Heiderich, marido da pastora.

Nesta quarta-feira (6), Magno Malta disse, em plenário, que Felipe Garcia abusou do enteado e, por isso, está preso. Segundo o senador, o marido de Bianca Toledo é um falso pastor.

Ele contou que Bianca descobriu que o homem abusava de seu filho de cinco anos. Segundo ele, o pedido de prisão foi realizado pelo do Ministério Público do Rio de Janeiro. De acordo com Magno, a criança relata todos os abusos sofridos e já foi ouvida por psiquiatras e psicólogos.  O pedido para que o MP solicitasse a prisão foi feito por Paulo César Vieira Carvalho Filho da 17ª Vara Criminal.

Publicidade
Publicidade

Depois que Felipe soube que Bianca Toledo descobriu os abusos, ele acabou confessando e tentou se matar. Segundo Magno Malta, o acusado chegou a ser internado e, além de confessar o abuso, contou que é homossexual.

Funcionários, ex-funcionários e Bianca já estão prestando depoimento, pois, segundo Magno, alguns sabiam do comportamento de Felipe com o menino, quando a mãe dele não estava perto. “O pedófilo é uma figura asquerosa, enigmática”, disse o senador que presidiu a CPI da Pedofilia e que afirmou que quem é pedófilo consegue enganar as pessoas ao seu redor. Magno contou que já ajudou a prender religiosos acusados de pedofilia.

O pastor acusado de pedofilia está preso em Bangu, na Cadeia Pública José Frederico Marques, localizada no Complexo Penitenciário de Gericinó. Quem fez a prisão foram os agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV). As investigações ainda estão em andamento e a delegada que acompanha o caso é Cristiana Honorato.

Publicidade

Bianca Toledo fez desabafo em rede social

Na noite de terça-feira (5), Bianca Toledo gravou um vídeo e postou em seu Facebook. Nele, ela conta que desde seis de junho está passando por momentos difíceis e que precisou confrontar o pastor, que era seu marido, e ele acabou confessando o que ela havia descoberto. Ela também contou que ele tentou se matar, enquanto ela não estava em casa, e que ele ficou internado, mas agora estava preso em Bangu. Clique aqui e assista ao vídeo completo. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia