Aquele médico que fez uma piadinha infeliz na #Internet, debochando do jeito humilde de um paciente que pronunciou as palavras de forma errada, acabou tendo o castigo. Em uma entrevista a um site, Guilherme Capel afirmou que perdeu todos os empregos que tinha.

Segundo Guilherme, ele teria atendido mais de cem pacientes naquele dia e que tirou a foto durante o seu período de descanso e a brincadeirinha infeliz foi para descontrair o cansaço do dia. O médico disse que a maior parte do seu tempo está dentro de hospital, sendo necessário descontrair, não tendo como falar de doenças e tristeza o tempo todo e que não fez deboche de nenhum paciente.

Publicidade
Publicidade

O médico publicou um vídeo onde ele conta a sua versão dos fatos.

Entenda o caso

Guilherme Capel é médico plantonista em um hospital no município de Serra Negra, interior do estado de São Paulo. Ele publicou uma foto em sua página da rede social segurando uma receita, onde estava escrito que “Não existe peleumonia e nem raôxis”. A piadinha de péssimo gosto não agradou à população e acabou ganhando repercussão na internet. Os familiares do paciente que teria falado as palavras erradas também ficaram revoltados com a postagem.

Guilherme se formou em medicina recentemente e solicitou que algum órgão faça a apuração para que se possa comprovar que não teve a intenção de criticar ninguém especificamente e assume que a brincadeira foi infeliz.

Em uma tentativa de mostrar ser uma pessoa simples, contou que para realizar seus estudos foi bolsista e seu curso universitário foi feito em instituição pública e sabe muito bem o que é ter dificuldades financeiras.

Publicidade

Ainda disse que ficou indignado quando soube da repercussão de sua foto na internet.

Apuração dos fatos

Foi aberta uma sindicância pelo Cremesp – Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, para verificar a conduta do médico. O procedimento visa constatar se o profissional infringiu o código de ética médica e poderá levar até dois anos para ser concluído.

Pedido de desculpas

Guilherme ligou para o paciente que se ficou ofendido, mas sem sucesso, pois ele não atendeu ao telefone. O médico enviou uma mensagem de texto para se desculpar.

Confira o vídeo com a versão do médico: 

#Comportamento