"Eu errei, me arrependi e me sinto mal com isto", assim tentou se desculpar o médico Guilherme Capel, que ficou conhecido em todo o país por zombar do jeito de um paciente falar. Depois de negar que o paciente existisse, o profissional da saúde decidiu assumir os atos e foi ao encontro do paciente. Guilherme revelou que perdeu todos os empregos que tinha e que agora fará trabalho voluntária. Ele esteve nesse fim de semana na casa de José Mauro de Oliveira Lima, o mecânico que não conseguia falar corretamente o nome de sua doença, "pneumonia", trocando por "peleumonia".

O caso aconteceu na última quinta-feira, 27. O mecânico que confundiu as palavras havia sido o último paciente do médico e ficou ofendido com a situação.

Publicidade
Publicidade

O caso ocorreu na cidade de Serra Negra, em São Paulo. Depois de zombar dos erros do paciente em um receituário, o médico passou a ser criticado em todo o Brasil. Para se redimir, Guilherme não viu outra maneira, a não ser uma foto pedindo desculpa em uma folha de papel. Segundo informações do G1, o encontro do médico com o paciente foi neste domingo,31. O plantonista ofereceu uma ajuda à família do mecânico, prestando assistência na saúde deles. Agora a questão, segundo Guilherme, acabou sendo resolvida. 

Mecânico deu as desculpas

Em um texto publicano no Facebook, o médico lembra que o mecânico virou um símbolo nacional e que agora cabia a ele se retratar. Ele ainda disse que ajudaria uma Organização Não Governamental (ONG) do hospital de Serra Negra, fazendo plantões voluntariados, revertendo o dinheiro arrecadado para ajudar o próprio hospital.

Publicidade

Ele ainda passou telefones da ONG para quem quisesse ajudar. Em entrevista ao G1, o mecânico confirma que perdoou o rapaz. Segundo o médico, ele ainda é uma pessoa nova e que vai aprender com erros. 

O mecânico disse ainda que Guilherme parece ser uma pessoa boa, mas que teve um momento ruim na vida. As unidades que demitiram o plantonista não comentaram se ele será recontratado após o pedido de desculpas feito pela internet.  #É Manchete!