Uma menina de 3 anos deu entrada no Hospital Militar de Belo Horizonte, na madrugada desta terça-feira (26), a garotinha apresentava ferimentos por todo o corpo.

Segundo o portal de notícias do jornal Hoje em Dia, a menina ficou durante todo o dia de segunda-feira (25) sob os cuidados do padrasto, de 25 anos, namorado da mãe da garotinha. Provavelmente foi neste período que a menina foi duramente torturada. Saibam mais aqui.

Menina é barbaramente torturada pelo padastro

A Polícia Militar informou que a menina apresenta ferimentos, hematomas, queimaduras, marcas de mordidas e unhadas por todo corpo. Ela tinha ferimentos nas nádegas, pernas, costas, cabeças, mãos e pés. 

O padastro da garotinha negou as agressões, mas caiu em contradição por diversas vezes e acabou sendo preso em flagrante e encaminhado para Delegacia de Plantão do Barreiro na Zona Oeste de Belo Horizonte, onde será ouvido.

Publicidade
Publicidade

O caso será investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais.

A menina chegou desacordada ao hospital

Ainda de acordo com a Polícia Militar a menina deu entrada na unidade de saúde desacordada e que os médicos de plantão precisaram fazer várias manobras para reanimá-la. 

A mãe da menina contou aos policiais que deixou a filha na casa do namorado na manhã de segunda-feira por volta das 8h30 e foi trabalhar. Ela retornou aproximadamente as 20h e encontrou a menina dormindo e a levou para casa.

Ela disse que cerca de duas horas depois foi trocar as roupas da filha quando viu os hematomas e as queimaduras, além disso a criança estava com dificuldades para respirar. Então ela chamou o namorado e eles levaram a criança para o hospital, onde o caso começou a ser esclarecido.

Segundo o Boletim de Ocorrência, durante o atendimento a menina contou aos médicos que foi o namorado da mãe que havia batido nela.

Publicidade

Porém ele deu uma versão fantasiosa, dizendo que a menina teria de queimado com uma panela e uma colher e que os hematomas apareceram por que ela havia caído em de um brinquedo em um parque de diversões. Os ferimentos nos pés segundo ele foram causados por uma sandália. No entanto ele não soube o que dizer a respeito das marcas de mordias e unhadas.

A menina vai passar por exames para verificar se houve abuso sexual. A Polícia Civil continua investigando o caso. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia