Uma mulher foi ameaçada e estuprada na madrugada desta quinta-feira (21), na cidade de Santa Luzia que fica na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima porém conseguiu memorizar a placa do carro do estuprador que foi preso logo depois de cometer o #Crime.

Segundo o jornal O Tempo, com o número da placa em mãos a polícia conseguiu rastrear o veículo e chegar até o criminoso. Saibam mais sobre este crime aqui.

Mulher estuprada leva a polícia até seu algoz através da placa do carro do criminoso

A excelente memória da mulher que foi estuprada quando voltava para casa na RMBH, em Santa Luzia, levou a Polícia Militar de Minas Gerais a capturar o homem que praticou o crime. 

A vítima de 32 anos conseguiu decorar os números e as letras da placa do carro onde o crime foi consumado e foi assim que a polícia identificou com facilidade o criminoso.

Publicidade
Publicidade

Saibam como a mulher foi abordada

A mulher trabalhou na noite de quarta-feira (20), no estádio de futebol Mineirão, onde aconteceu o jogo entre Cruzeiro e Vitória pela Copa do Brasil. Ao finalizar o serviço a mulher seguiu para casa até a uma estação do Move em Santa Luzia, o restante do percurso ela faria a pé.

Quando andava pela rua, foi abordada por um homem em um carro marca Gol azul, que a ofereceu carona. A vítima recusou de imediato a carona, porém o homem ficou bastante irritado, desceu do carro, a agarrou pelos cabelos e fingindo estar armado, a jogou dentro do veículo. 

Ainda segundo a vítima em seguida ele dirigiu até um local ermo, onde cometeu o estupro, ela afirma que foi ameaçada de morte durante todo o tempo que esteve com o criminoso.

Prisão do estuprador

Mesmo em estado de choque, a vítima conseguiu memorizar a placa do veículo, possibilitando a prisão do estuprador.

Publicidade

A Polícia Militar informou que o homem é casado, pai de três filhos e trabalha como motorista de ônibus. 

De acordo com o cabo Roberto Santos, do 35º Batalhão de Polícia Militar, ele também é o principal suspeito de ter cometido outro estupro na noite de segunda-feira (18) na mesma região. As duas vítimas reconheceram o motorista como autor dos estupros. #Investigação Criminal #Casos de polícia